PUBLICIDADE

Fotos clássicas que não podem faltar no seu álbum de viagem

Sem elas, seu álbum não vai estar completo. Vale tudo: segurar monumentos, imitar posições famosas, interagir com estátuas e até mesmo ser criativo na hora de tirar foto com ícones de lugares.

Publicidade
<p><strong>Museu do Louvre</strong>: Ainda na França, um dos maiores museus do mundo também é protagonista de uma das fotos mais clássicas de viagens: colocar o dedo no topo da pirâmide em sua entrada. Um dia de visita é muito pouco para observar toda a riqueza das mais de 35 mil obras exibidas no museu, entre esculturas, pinturas e artefatos. O museu é um antro de possíveis fotos, desde a famosa Monalisa, a Vênus de Milo, a Vitória de Samotrácia e até uma área tátil, com réplicas de resina das esculturas originais onde você pode tocar nos exemplares. Mais opções de fotos criativas com artigos clássicos de arte do mundo antigo.</p>
Museu do Louvre: Ainda na França, um dos maiores museus do mundo também é protagonista de uma das fotos mais clássicas de viagens: colocar o dedo no topo da pirâmide em sua entrada. Um dia de visita é muito pouco para observar toda a riqueza das mais de 35 mil obras exibidas no museu, entre esculturas, pinturas e artefatos. O museu é um antro de possíveis fotos, desde a famosa Monalisa, a Vênus de Milo, a Vitória de Samotrácia e até uma área tátil, com réplicas de resina das esculturas originais onde você pode tocar nos exemplares. Mais opções de fotos criativas com artigos clássicos de arte do mundo antigo.
Foto: Arquivo pessoal / Divulgação
Publicidade