Surf do bem, no mar e na vida

8 abr 2019
09h00
  • separator
  • comentários

No réveillon de 2015 coloquei na minha lista de resoluções uma meta ambiciosa: aprender a surfar! Sim, aos 35 anos não dava mais pra ficar adiando, estava na hora de realizar o sonho de aprender a ficar em pé numa prancha…mesmo que por alguns segundos! 

Surf do bem, no mar e na vida
Surf do bem, no mar e na vida
Foto: Arquivo pessoal / Viagem de Família

E foi assim que conheci a ASE Surf School, uma escola de surf no Guarujá, na praia da Enseada. A experiência foi incrível! Nunca imaginei que um esporte me colocaria tão em sintonia com a natureza, além de estreitar ainda mais meu relacionamento com minha família, pois isncrevi os 4 para fazer aulas juntos…o Marcelo, a Helena, o Henrique e eu. 

As aulas são divididas em 2 partes: uma teórica, em que o professor explica sobre alguns conceitos e movimentos-base do esporte; e outra parte prática, no mar, em que aprendemos, entre tombos e caldos, a finalmente subir na prancha…e posso dizer que a sensação de ficar em pé na prancha ao final da aula é simplesmente maravilhosa!

Na primeira aula já conseguimos ficar um pouquinho em pé na prancha. O “bichinho do surf” nos picou e começamos a fazer aulas com mais frequência. Foi uma vitória quando consegui passar das aulas na prancha funboard para as aulas na prancha de fibra…me senti muito surfista! 

Os instrutores são demais, muito focados na segurança, super pacientes e atentos aos alunos, respeitando o ritmo de cada um para que, pouco a pouco, você desenvolva a confiança para se arriscar nas ondas. 

Além das aulas, que são muito legais para quem está no Guarujá a passeio, a ASE Surf School desenvolve um trabalho muito bonito de inclusão social com crianças da comunidade local. Os professores dão aulas aos meninos e meninas carentes da região, proporcionando a oportunidade de uma qualidade de vida melhor através do esporte, trabalhando noções de cidadania e incentivando um estilo de vida mais saudável, sociável e de respeito ao meio ambiente.

Este trabalho ocorre há 8 anos e 32 crianças já passaram pelo projeto. São crianças carentes, de 6 a 10 anos, que ficavam sozinhas pela praia e hoje podem ter no esporte a chance de uma vida melhor. 

Outro trabalho comunitário que a escola realiza é com os “cães de rua”, aqueles cachorrinhos sem dono que perambulam pela praia. A escola os acolhe e alimenta, e com o apoio do dr. Gustavo Palmiere, os castra e vacina, garantindo um pouco mais de bem-estar para estes animaizinhos. Participando das aulas você colabora para a manutenção dos projetos. E, para os que desejam contribuir um pouco mais, a escola aceita doação de materiais e insumos. 

O surf é um esporte democrático, que não escolhe sexo, cor, raça, condição social ou religião. Uma vez no mar somos todos iguais, em sintonia com a natureza e em contato com uma energia maior. Permita-se viver essa experiência. 

Para saber mais sobre a ASE Surf School:

Endereço: Avenida Miguel Stéfano, 2680
Contato: Whatsapp (13) 98197-9699
Email: ase.surf.school@hotmail.com
Site: http://www.asesurfschool.com.br

Veja também:

Surfistas enfrentam água gelada e surfam sob aurora boreal na Islândia

 

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • comentários
publicidade