PUBLICIDADE

Flórida ganha sua primeira edição do Guia Michelin

Onze restaurantes de Miami e quatro de Orlando receberam suas primeiras estrelas conferidas pela tradicional publicação francesa

17 jun 2022 - 07h39
(atualizado em 18/6/2022 às 09h51)
Ver comentários

Miami já era conhecida como um destino gastronômico e, o primeiro Guia Michelin da Flórida da história, lançado em 9 de junho, confirma essa vocação.  Dos 15 restaurantes estrelados desta primeira edição, 11 ficam em Miami, tendo um deles recebido duas estrelas. Os outros quatro estão em Orlando, comprovando que a cidade dos parques temáticos tem muito a oferecer para além do fast food.

Duas-estrelas: o L’Atelier mantém vivo no Design District o legado do chef francês Joël Robuchon.
Duas-estrelas: o L’Atelier mantém vivo no Design District o legado do chef francês Joël Robuchon.
Foto: L'Atelier/Reprodução / Viagem e Turismo

O Guia Michelin Miami, Orlando e Tampa destaca ainda 29 opções na categoria Bib Gourmand: 19 em Miami e arredores; 7 na região de Orlando e 3 na área de Tampa. São restaurantes com comida de qualidade a um preço acessível. Neles, uma refeição de dois pratos com uma taça de vinho ou uma sobremesa custa até US$ 49.

-
-
Foto: Michelin/Reprodução / Viagem e Turismo

Único duas-estrelas da edição, o restaurante L'Atelier mantém vivo no Design District de Miami o legado do falecido chef francês Joël Robuchon, que abriu a matriz quase duas décadas atrás no bairro parisiense de Saint-Germain. Além de opções à la carte, existe também o menu da estação (atualmente, o de primavera a US$ 190) e o degustação Evolution (US$ 280), indicado a quem busca conhecer a fundo a cozinha da casa.

Diretor de operações culinárias do L'Atelier, Alain Verzeroli é discípulo de Robuchon e a mente criativa também por trás do Le Jardinier , onde vegetais sazonais são os protagonistas do menu. Já o chef Michael Beltran usa o refinamento técnico francês para reviver suas raízes cubanas no Ariete , em Coconut Grove. Cada um recebeu uma estrela.

A alma latina prevalece em outras duas cozinhas da cidade reconhecidas pelo guia francês: Elcielo Miami (cozinha experimental colombiana do chef Juan Manuel Barrientos ) e Los Félix (mexicano inspirado na herança indígena do país). Já os asiáticos marcam presença na seleção com uma estrela Michelin tanto em Orlando (os japoneses Soseki e Kadence ) quanto em Miami (o coreano Cote Miami e o japonês Hiden ). 

Além da tradicional hospitalidade japonesa, o restaurante The Den conta com chefs treinados em Tóquio no preparo de sushis. Funciona dentro de um salão quase secreto do Azubu Miami Beach, uma das opções culinárias do Marriott Stanton South Beach. O menu estilo omakase (degustação) sai por US$ 220.

Orlando no Michelin

Único restaurante dentro do perímetro dos parques temáticos, o Capa fica no último andar do Four Seasons Orlando e faz parte do complexo Walt Disney World. Além das carnes (a partir de US$ 45), a steakhouse de inspiração espanhola serve tapas de entrada, como as croquetas de presunto e cebola caramelizada, a US$ 11. Dentro do The Ritz-Carlton Orlando, Grande Lakes, o chef John Tesar prepara carnes à perfeição no Knife & Spoon .

Completam a lista de estrelados três restaurantes de cozinha americana na área de Miami: Boia De , de influência italiana; Stubborn Seed , sob o comando de Jeremy Ford, vencedor do Top Chef; e The Surf Club Restaurant , confort food com o toque contemporâneo do chef Thomas Keller.

Viagem e Turismo
Publicidade
Publicidade