PUBLICIDADE

'Chaves: A Exposição' tem temporada estendida, em São Paulo

É a maior mostra dedicada aos seriados Chaves e Chapolin [...]

20 abr 2024 - 11h16
(atualizado em 22/4/2024 às 07h49)
Compartilhar
Exibir comentários

Sucesso de público, desde que estreou, no início deste ano, 'Chaves: A Exposição' segue em cartaz, no MIS Experience, em São Paulo.

A exposição inédita, considerada a maior mostra dedicada aos seriados Chaves e Chapolin, celebra os 40 anos da veiculação das séries, no Brasil, "país onde o Chaves é o mais popular no mundo", segundo André Sturm, diretor geral do MIS Experience.

Em São Paulo, uma área de mais de mil m² recebe os visitantes com duas das criações mais populares do mexicano Roberto Gómez Bolaños, em 26 cenários com acervo de mais de duas mil peças cedidas pela família do humorista, como objetos pessoais, adereços de cena e figurinos.

VEJA VÍDEO

Chaves: A Exposição

Mais do que uma mostra com dados bibliográficos do criador do Chaves e do Chapolin, a exposição é um mergulho em cenários recriados de ambas séries, como os dois pátios da vila, o restaurante da Dona Florinda e até a vendinha de sucos de tamarindo do Chaves, estrategicamente, colocada ao lado do exuberante carrinho de sucos do Quico.

Em depoimento exclusivo para o Viagem em Pauta, Roberto Gómez Fernández, filho de Bolaños, falou sobre a fama internacional do Chaves que, desde de seu lançamento, em 1973, atingiu altos índices de audiência e conquistou fãs em vários países da América Latina.

"A vila do Chaves é um microcosmos onde podemos identificar não só em uma vizinhança do México, mas também em algumas favelas aqui no Brasil. É um microcosmos onde tem contrastes. O que meu pai fazia muito bem era identificar a condição humana, que no Brasil é muito parecida com a nossa", analisa Fernández, que é também ator e comediante mexicano.

Divulgação
Divulgação
Foto: Viagem em Pauta

Outro ponto alto da exposição é a recriação de cenários raros na história do seriado, como o interior da casa da Dona Clotilde, mais conhecida como a Bruxa do 71, com seu caldeirão, seus feitiços e o temido gato Satanás.

Nem Acapulco, que no Brasil virou Guarujá, ficou de fora.

A exposição recria também parte de um dos episódios mais lembrados, quando os personagens viajam para o balneário mexicano. No MIS Experience, por exemplo, o público vai poder ver uma pequena réplica da piscina do Hotel Acapulco Continental, onde foram gravadas as cenas do episódio de 1977.

SAIBA MAIS

Chaves: A Exposição

MIS Experience (Rua Cenno Sbrighi, 250 - Água Branca - São Paulo/SP)

Prorrogada até o dia 2 de junho (domingo)

De ter. a sex. das 10h às 19h; sáb. das 10h às 20h; e dom. e feriados das 10h às 19h

Quartas a sextas: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia); sábados, domingos e feriados: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Às terças e toda terceira quarta-feira do mês, a entrada é gratuita, com retirada dos ingressos somente na bilheteria física no dia da visita

misexperience.org.br

Viagem em Pauta
Compartilhar
Publicidade
Publicidade