PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Caribe tem uma das árvores mais bonitas da… Europa

A Chorona fica na Martinica, ilha no Caribe francês [...]

24 abr 2024 - 09h22
(atualizado em 25/4/2024 às 21h25)
Compartilhar
Exibir comentários

Para suportar o insuportável, os antigos negros escravizados da Martinica, no Caribe francês, entoavam a bèlè, música de origem crioula com tambor e cantos potentes para evocar a liberdade.

Mas, há 300 anos, uma árvore local também é símbolo de resistência.

Localizada na comuna de Le Prêcheur, no extremo norte da ilha, essa Árvore da Chuva já resistiu a ciclones, tempestades e outras intempéries. Nem a devastadora erupção do vulcão Monte Pelée, que matou quase 30 mil pessoas, em 1902, foi suficiente para derrubá-la.

Conhecida também como Chorona, ela é não só um exemplo de resistência, mas também uma das mais bonitas da Europa e, nesse caso, do Caribe.

VEJA VÍDEO

França no Caribe

A Martinica é francesa, mas não fica, exatamente, na Europa.

A 450 quilômetros da costa da América do Sul, entre o Atlântico e o Mar do Caribe, a ilha é um departamento ultramarino francês, ou seja, um pedaço além-mar do país que fica do lado de cá do oceano.

Por isso, essa Árvore da Chuva, na Habitation Céron, foi eleita, em 2017, uma das mais bonitas do Velho Continente.

A Le Zamana, como é chamada em francês, tem cerca de 350 anos e é capaz de gerar cinco mil m² de sombra, em meio a um jardim tropical de uma antiga refinaria de açúcar do século 17.

Le Zamana, árvore na Habitation Céron
Le Zamana, árvore na Habitation Céron
Foto: Eduardo Vessoni / Viagem em Pauta

Com uma altura que pode chegar a 25 metros e com um tronco de até 80 centímetros de diâmetro, seu nome popular se refere ao processo de retração de suas folhas, em dias de chuva.

A árvore é a mais velha da Martinica e uma das maiores e mais antigas em todo o Caribe.

O local é conhecido também por seus mais de dois mil cacaueiros, matéria-prima do excelente chocolate produzido ali mesmo e usado nas refeições orgânicas de sete tempos, no restaurante aberto ao público.

VEJA SHORTS

Árvore do Ano

Desde 2011, o 'Árvore Europeia do Ano' ('Tree of the Year') elege a mais bonita da Europa, em cerca de 16 países participantes.

O concurso foi criado na República Checa, em 2002, e anos mais tarde seria ampliado para outros países da Europa, além do Canadá, Austrália e Ásia.

Na última edição de 2023, por exemplo, um exibido carvalho-roble de cerca de 200 anos, em Łódź, na Polônia, foi eleito por voto popular a árvore mais bonita da Europa.

Carvalho-dragão, na Eslováquia
Carvalho-dragão, na Eslováquia
Foto: Tree of the Year / Viagem em Pauta

Naquele ano, foram eleitos também um Carvalho-dragão, na Eslováquia (2º lugar), a Colônia de Macieiras de Krolevtsi (Malus domestica), na Ucrânia (3º), uma Figueira-estranguladora, no Jardim Botânico de Palermo, na Itália (4º), e um Eucalipto de Contige, em Portugal (5º).

Já a Chorona da Martinica, em 2017, recebeu 7.420 votos e ficou em 4º lugar, na votação popular.

SAIBA MAIS

Habitation Céron

De quarta a domingo, das 10h às 17h

9€ (adulto) / 5€ (crianças menores de 12 anos)

habitationceron.fr

Viagem em Pauta
Compartilhar
Publicidade
Publicidade