PUBLICIDADE

Tiktoker diz que perdeu a visão 'de um dia para o outro' após coçar os olhos; como isso é possível?

A perda de visão repentina pode ser causada por várias condições e fatores de risco podem contribuir para o quadro; oftalmologista explica

21 mai 2024 - 10h29
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Um caso curioso chamou a atenção dos usuários do TikTok, quando uma jovem contou que perdeu a visão. Ela estava com a doença genética rara, chamada ceratocone, que pode ser causada ao coçar os olhos com força. O oftalmologista alerta a respeito de sinais de alerta, como a perda súbita de visão, dor ocular intensa, entre outros, e o tratamento indicado pode envolver lentes especiais ou até mesmo o transplante de córnea.
Foto: iStock

Um caso curioso chamou a atenção dos usuários do TikTok. Uma jovem contou em seu perfil na plataforma que perdeu a visão "de um dia para o outro" apenas por ter coçado os olhos. 

“Perdi a visão literalmente de um dia para o outro, coçando os olhos. Machuquei a córnea e hoje só consigo enxergar com lente, sem a lente enxergo apenas 10% e com a lente consigo enxergar 70% nos dois olhos”, diz a mulher. 

@meninasdacolora Alerta para voces ao cocar os olhos!!!! #ceratocone #visao #alerta ♬ som original - meninas da colorá

No relato, ela ainda conta que recebeu o diagnóstico de ceratocone, uma doença genética rara, de caráter hereditário e evolução lenta em que o tecido transparente na superfície anterior do olho (córnea) se curva para fora.

Em entrevista ao Terra Você, o oftalmologista especialista em cirurgia refrativa, catarata, lentes de contato e ceratocone, Tiago César Pereira Ferreira, conta que é possível danificar a córnea ao coçar os olhos e isso pode levar à ceratocone.

Além disso, ao coçar os olhos com força, a pessoa pode causar abrasões na córnea ou acelerar o desgaste de tecidos já enfraquecidos, aumentando o risco de lesões e infecções.

Fatores de risco

De acordo com o especialista, a perda de visão repentina pode ser causada por várias condições, incluindo descolamento de retina, oclusões vasculares retinianas, glaucoma agudo, neurite óptica e hemorragias vítreas. 

Fatores de risco como diabetes, hipertensão arterial, doenças autoimunes e traumas oculares também podem contribuir significativamente para este quadro.

Sintomas

O médico alerta que, caso uma pessoa tenha qualquer um dos seguintes sintomas, é indicado que passe por uma avaliação imediata com um oftalmologista:

  • Perda de visão súbita;
  • Dor ocular intensa;
  • Vermelhidão persistente;
  • Sensibilidade à luz;
  • Visão dupla;
  • Flashes de luz;
  • Flutuações visuais;
  • Aparecimento de "moscas volantes".

Tratamento

O oftalmologista explica que a possibilidade de reverter a perda de visão com lentes de contato depende da causa subjacente. Em casos de erros refrativos graves, o uso de lentes corretivas especiais, como lentes esclerais em casos de ceratocone avançado, pode melhorar significativamente a visão. 

Contudo, lesões irreversíveis na retina ou no nervo óptico não são corrigíveis com lentes e pode ser necessário realizar um transplante de córnea. O procedimento envolve a substituição da córnea doente por uma saudável proveniente de um doador.

“O transplante de córnea, ou ceratoplastia, é indicado em casos de opacidade corneana, ceratocone avançado, cicatrizes corneanas e falências de transplantes anteriores”, conclui o profissional.

Os melhores e piores hábitos para a visão Os melhores e piores hábitos para a visão

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade