PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Sente muitas câimbras? Doenças vasculares podem ser a causa

Médica afirma que as condições vasculares podem favorecer a ocorrência de câimbras. Entenda a relação!

14 mai 2024 - 19h30
(atualizado às 21h44)
Compartilhar
Exibir comentários

Geralmente, as câimbras são um problema passageiro e inofensivo. No entanto, em alguns casos, essas contrações musculares rápidas e involuntárias podem atuar como um sinal de alerta, indicando até mesmo a presença de condições vasculares subjacentes.

Médica dá dicas para evitar câimbras e a piora das doenças vasculares |
Médica dá dicas para evitar câimbras e a piora das doenças vasculares |
Foto: drobotdean/Freepik / Boa Forma

"É crucial não ignorar esses sintomas, pois podem mostrar que existe uma situação mais séria que precisa de intervenção médica", alerta a  Dra. Carol Mardegan, cirurgiã vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular.

Segundo ela, quadros como a insuficiência arterial podem favorecer a ocorrência das câimbras. "Uma das doenças que podem trazer o alerta é a Doença Arterial Obstrutiva Periférica, causada pelo entupimento das artérias da perna, que impede a passagem sanguínea pelo membro", completa.

Se você já está sofrendo há algum tempo com essas dores na panturrilha que pioram quando caminha e melhoram quando você para, saiba que isso pode sugerir que sua circulação sanguínea não vai bem.

"Por isso, a importância da avaliação com um especialista. O exame médico completo e os testes de diagnóstico vascular podem ajudar a identificar e tratar quaisquer condições que possam estar contribuindo para as câimbras", orienta.

5 hábitos que ajudam a prevenir a trombose 5 hábitos que ajudam a prevenir a trombose

A seguir, a Dra. Carol compartilha 4 dicas fundamentais para prevenir o agravamento das doenças vasculares e as câimbras. Veja:

Dicas para prevenir doenças vasculares e câimbras

  1. Tenha um estilo de vida saudável: A saúde vascular depende de hábitos saudáveis, entre eles, se exercitar regularmente, ficar longe de vícios como o cigarro e o álcool e se alimentar de forma equilibrada.
  2. Beba água: A desidratação é um dos fatores que podem colaborar para que as câimbras aconteçam. Por isso, para evitá-las, é fundamental consumir a quantidade ideal de água por dia.
  3. Invista no alongamento e no fortalecimento muscular: Alongamentos e exercícios que promovam o fortalecimento muscular podem prevenir contrações musculares involuntárias.
  4. Procure ajuda: "Não ignore as câimbras musculares frequentes. Elas podem ser um sinal de alerta. Com uma avaliação médica adequada e tratamento oportuno, é possível gerenciar e, em muitos casos, evitar complicações mais graves", conclui a médica.
Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade