PUBLICIDADE

Como escolher a escova de dente de acordo com sua idade

Criada há centenas de anos, a escova de dente possui inúmeros modelos disponíveis no mercado que podem gerar dúvidas

3 set 2021 10h00
Publicidade
Foto: Pexels

A escova de dentes é a sua melhor arma para uma boa saúde bucal. Ao lado do fio dental, ela deve fazer parte da sua rotina de higiene da boca que, em hipótese alguma, deve ser negligenciada. Criada há centenas de anos, a escova de dente possui inúmeros modelos disponíveis no mercado que podem gerar dúvidas: qual é o mais adequado para a minha faixa etária e momento de vida?

Nas prateleiras são muitas marcas, números e formatos. O mais indicado pela maioria dos dentistas é optar por uma escova com cerdas planas, pontas arredondadas, do tipo ultramacia, e sempre com uma grande quantidade de cerdas. Existem diferenças nas bordas das escovas e, principalmente, no formato da cabeça. As variações são recomendadas para diversos fins, como faixa etária, diferenças no tamanho do arco dental, tipo de gengiva e casos específicos, como aparelhos ortodônticos.

Pensando nisso, separamos cinco dicas para você não errar na escolha do utensílio mais adequado à sua faixa etária. Confira:

Entre 3 meses e 1 ano de idade - Escova-Mordedor
Nessa fase da vida, opte por uma escova-mordedor, que deve ser usada a partir do momento em que os bebês tenham coordenação motora suficiente para segurar objetos. Uma pequena escova de borracha também pode ser usada nessa idade.

A partir da erupção dental até 6 anos de idade - Escova Infantil
As escovas infantis são indicadas logo após a erupção dos primeiros dentes decíduos (entre 5 e 9 meses de vida) até o início da erupção dos dentes permanentes (entre 5 ou 6 anos de idade. Elas devem ter uma cabeça pequena e anatômica; cerdas arredondadas, polidas e ultramacias; e um cabo com textura macia.

Entre 7 e 14 anos de idade – Escova Juvenil
Para essa faixa etária, a escova deve ter uma cabeça pequena, porém, com um formato mais oval para proteger ainda mais as gengivas e bochechas durante a escovação, pois as gengivas nesta faixa etária são um pouco mais resistentes.

A partir dos 15 anos de idade - Escova Adulto
As escovas para adultos podem ter diferentes tamanhos de cabeça de acordo com o tamanho dos arcos dentais. Uma escova com tamanho de cabeça pequena e outra com a cabeça super pequena. Escovas com cabeças grandes e até mesmo médias não são indicadas, pois tornam o ato da escovação desconfortável.

Língua não se limpa com escova dental
Evite escovas que trazem limpador de língua e bochechas na parte de trás e opte pelos limpadores de língua, que provocam menos desconforto. Eles têm formato anatômico: a cabeça acompanha o formato da língua, o cabo angulado se encaixa na mão perfeitamente e sua altura permite alcançar o fundo da língua, sem ânsia.

Quando trocar?
Algumas escovas no mercado vêm com uma faixa azul, que, quando clareia, indica que está na hora de ser aposentada. Mas nem sempre estes indicadores mostram o momento ideal para troca. De forma geral, as escovas devem ser trocadas entre dois e três meses de vida. O melhor é mantê-las sempre novas, uma vez que escovas muito usadas induzem a pessoa a aumentar a força durante a escovação, provocando desgaste do esmalte dental e retração gengival.

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade