PUBLICIDADE

Cinco dicas infalíveis para combater o mau hálito

Às vezes, o segredo para melhorar o mau hálito está em algumas mudanças simples de hábito

5 jan 2023 - 10h00
Compartilhar
Adote novos hábitos e se livre do mau hálito
Adote novos hábitos e se livre do mau hálito
Foto: Pexels

Às vezes, o segredo para melhorar o mau hálito, problema que atinge uma grande parcela da população, está em algumas mudanças simples de hábito. O jeito de se alimentar, os rituais de higiene e até o tipo de produto que é usado para fazer essa higienização podem fazer toda a diferença.

Por isso, separamos cinco dicas infalíveis para combater o problema. Confira:

1- Primeiro o café da manhã, depois a escova de dentes

Após esses rituais matinais e noturnos, não coma nada por 30 minutos. Ou seja, de manhã é importante tomar o café da manhã primeiro e depois fazer a higiene bucal. 

2.- Tenha sempre um chiclete na bolsa

Sempre que sentir a boca seca, recorra a mecanismos que aumentam o fluxo salivar, como mascar chicletes (sem açúcar) ou borrachas de silicones próprias para incentivar a salivação (a saliva ajuda a manter a boca limpa e livre de germes e bactérias). Essas borrachas são atóxicas e inodoras. Além disso, elas auxiliam no combate à cárie. Para quem tem problemas frequentes de boca seca, o ideal é mastigá-las três vezes ao dia. 

3- Alimentos detergentes para limpar a boca

Sempre que possível coma alimentos duros e fibrosos. Esses “alimentos detergentes” têm maior ação de limpeza, pois são capazes de fazer uma raspagem nos dentes evitando o acúmulo de bactérias em sua superfície. Exemplos: maçã, pepino, cenoura e aipo crus ou com casca. 

4- Controle a ansiedade e pare de morder os lábios

Evite morder os lábios ou as bochechas, esse hábito descama a mucosa bucal fazendo com que células mortas se depositem na língua formando a saburra lingual, uma das principais causas do mau hálito.  

5- Fique atento a doenças mais sérias

Como algumas causas da halitose são doenças sistêmicas, é bom procurar médicos especializados para ter certeza que o mau hálito não existe por causa de amidalites, intestino preso, diabetes mal controlada, entre outras.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade