Quatro hábitos que você precisa abandonar para um bom hálito

A halitose é prejudicial em vários sentidos, pois afeta a vida pessoal e profissional

14 out 2020
10h00
  • separator
Foto: Pexels

Ninguém gosta de ter mau hálito, não é mesmo? A halitose é prejudicial em vários sentidos, pois afeta a vida pessoal e profissional de uma pessoa. Pensando nisso, listamos quatro hábitos que você precisa abandonar para garantir um bom hálito. E lembre-se: consulte o dentista de seis em seis meses para evitar esse mal e ter a saúde bucal em dia.

1- Jejum intermitente
Moda entre os famosos para obter um emagrecimento rápido, o jejum intermitente deve ser feito com cautela uma vez que, na ausência de alimentos, o nosso organismo busca outras fontes de energia e seleciona moléculas de oxaloacetato e ácidos graxos para queimar, resultando nos corpos cetônicos que causam o mau hálito. A pouca saliva resultante do baixo consumo de água também acentua o mau hálito.

2- Não escovar a língua
A placa bacteriana não se acumula apenas nos dentes e gengiva. Ela também pode se alojar na língua, causando o temido mau hálito. Por isso, nunca deixe a região de fora quando for escovar os dentes. Se preferir, use um raspador lingual, fazendo movimentos leves e suaves de cima para baixo.

3- Ingerir bebidas alcoólicas e fumar
Todo mundo sabe dos malefícios da ingestão exagerada de álcool e do fumo. O que muitas pessoas não sabem é que esse hábito também prejudica a saúde bucal e aumenta o risco de mau hálito. A razão é que o fumo resseca a mucosa bucal e diminui a produção de saliva.

4- Não usar fio dental
O uso do fio dental deve fazer parte da rotina de limpeza dos dentes. Passe o fio dental em todas as escovações para evitar o acúmulo de resídios entre a dentição e, como consequência, mau hálito e inflamação nas gengivas.

 

Fonte: Equipe portal
publicidade