PUBLICIDADE

Morre Tarcísio Meira; ator foi vítima da Covid-19: entenda

Especialista explica porque pessoas idosas correm mais risco de não se recuperarem contra o vírus mesmo imunizadas contra a Covid-19

12 ago 2021 15h08
| atualizado às 15h28
ver comentários
Publicidade
Ator, Tarcísio Meira, 85 anos, não resistiu ao Covid-19 e morreu nesta quinta-feira (12)
Ator, Tarcísio Meira, 85 anos, não resistiu ao Covid-19 e morreu nesta quinta-feira (12)
Foto: Instagram: @_tarcisiomeira / Saúde em Dia

A televisão brasileira perdeu um dos atores mais consagrados para o vírus que já matou milhões de pessoas. Tarcísio Meira, 85 anos, não resistiu. Foi internado, há quase uma semana junto com a esposa, Glória Menezes, de 86 anos, ambos com o diagnóstico de Covid-19. O ator precisou ser entubado, e durante esse período teve de realizar a hemodiálise (procedimento que faz exatamente a função do rim em nosso corpo).

A atriz Glória Menezes recebeu alta do hospital Albert Einstein no início desta tarde de quinta-feira (12).

Ambos tomaram as duas doses da vacina contra a Covid-19 em março de 2021. Segundo o Dr. Márcio Kamada, geriatra e professor do curso de medicina da Universidade de Santo Amaro (Unisa), idosos correm mais risco ao serem contaminadas, pois com o envelhecimento a partir dos 60 anos, há também a diminuição da imunidade e isso faz com que essas pessoas tenham um declínio maior da sua função imune o que as deixam mais vulneráveis às infecções, inclusive as virais.

"Além do fator 'envelhecimento', existe também o risco de complicações por conta de outras doenças presentes no organismo, que acabam debilitando o sistema imune. E com a Covid-19 não é diferente, pois esse vírus invade o indivíduo pelas vias aéreas superiores, ou seja boca e nariz, e aí com a queda e debilidade do sistema imune os vírus conseguem se multiplicar e fazer a imigração para o pulmão, causando estragos", explica o geriatra..

Quando o vírus chega nos pulmões ele se alastra e pode gerar a pneumonia, dificultando as trocas gasosas com o oxigênio e a partir daí, a insuficiência respiratória, que é uma das principais causas das mortes pela Covid-19.

"Mesmo com as duas doses da vacina há o risco de ser contaminado, pois temos que lembrar que a efetividade da vacina varia de 50 a 80%, então há uma janela grande de processos de contaminação e além disso, com a idade, a pessoa se torna mais vulnerável", finaliza o especialista.Por esse motivo é essencial manter o distanciamento social e todos os cuidados de higienização para evitar a contaminação do vírus Sars-Cov-2. 

De acordo com o site Famosos e Celebridades, o ator fez mais de 60 trabalhos entre novelas, séries e teleteatros. Entre os títulos mais marcantes, há destaque para: Saramandaia, Roque Santeiro, Araponga, Fera Ferida, O Rei do Gado, Hilda Furacão, O Beijo do Vampiro, A Favorita, Velho Chico e Orgulho e Paixão, o último trabalho na casa.

Fonte: Dr. Márcio Kamada, geriatra e professor do curso de medicina da Universidade de Santo Amaro (Unisa).

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade