PUBLICIDADE

Joelho estalando: saiba o que o sintoma quer dizer

Diversos sintomas podem atingir o joelho, uma articulação naturalmente sobrecarregada. Entenda se os "estalos" exigem atenção

19 mai 2024 - 18h39
Compartilhar
Exibir comentários

Quem já sentiu o joelho "estalar" sabe a preocupação que o sintoma pode gerar. De fato, esta é uma das articulações que mais sofre sobrecarga no corpo. Por isso é tão comum lesões atingirem a região. Mas será que os "estalos" são motivo de preocupação?

Joelho estalando: saiba o que o sintoma quer dizer
Joelho estalando: saiba o que o sintoma quer dizer
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

De acordo com o Dr. Isaias Chaves, médico ortopedista especialista em joelho e quadril, joelho estalando é uma queixa muito comum no consultório ortopédico, principalmente em mulheres. 

"A patela (aquela bolinha que fica na frente do joelho) articula com o fêmur, e a movimentação pode gerar o 'estalo ou crepitações'. Esse estalo pode ser acompanhado ou não de dor", diz o especialista. 

Segundo ele, quando o paciente sente o joelho estalar, muito provavelmente isso ocorre por uma movimentação anormal da patela em relação ao fêmur. É preciso estar alerta, pois isso pode gerar lesões na cartilagem do joelho ao longo do tempo. "Estalos no joelho é um sinal de alerta de que algo não está normal", alerta o ortopedista.

O que significa estalos no joelho?

De acordo com o médico, o estalo pode ser o primeiro sintoma de um desajuste na movimentação da patela em relação ao fêmur na região do joelho. "Dores na frente do joelho, aumento de volume e até a famosa 'água no joelho' podem ser consequências dessa disfunção da articulação femoropatelar", explica. 

Caso o paciente não procure ajuda especializada, lesões na cartilagem da patela podem surgir e evoluir de forma grave, alerta o especialista. 

Um exemplo é a condropatia patelar, uma patologia muito comum entre as mulheres. Apesar da frequência, muitos pacientes não sabem que sua causa pode ser tratada com atividade física orientada para fortalecimento muscular e correção do movimento dos joelhos.

Sintomas associados que merecem atenção

Outros sintomas associados aos estalos também podem indicar problemas no joelho. É o caso de dor, derrame articular (água no joelho) e perda de massa muscular da coxa, pois o paciente para de utilizar o membro devido a dor. 

Tratamento

"Sempre procure um ortopedista, especialista em joelhos para tratamento adequado. O tratamento se baseia em tirar o paciente da crise de dor e posteriormente corrigir o movimento para que os atritos e estalos parem de ocorrer", destaca o Dr. Isaias.

Ainda segundo o especialista, existem alguns casos em que o paciente necessita de tratamento cirúrgico para adequar o movimento patelar. No entanto, a cirurgia é uma alternativa na minoria das vezes.

O ortopedista destaca que o tratamento dos "estalos dos joelhos" depende de uma ação conjunta entre ortopedistas, fisioterapeutas e educadores físicos. Segundo ele, essa combinação é a que proporciona melhores resultados ao paciente a curto e longo prazo. 

"Pacientes que tratam quadros dolorosos devido aos estalos baseados somente em infiltrações feita por ortopedistas, por exemplo, apresentam alto índice de recidiva dos seus sintomas. Isso porque, ao infiltrar ou tomar remédios, o paciente age apenas na consequência do problema e não na causa", finaliza.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade