PUBLICIDADE

Como usar o ar-condicionado sem afetar a saúde: veja as dicas

Uso frequente do aparelho pode provocar ressecamento das vias aéreas, resfriados e outras doenças respiratórias. Entenda como evitar!

17 nov 2023 - 16h01
(atualizado às 17h37)
Compartilhar
Exibir comentários

Quando o calor não está dando trégua, o ar-condicionado pode se tornar o nosso melhor amigo para aliviar a sensação incômoda. No entanto, utilizá-lo sem cautela pode colocar em risco a saúde do organismo de diversas formas, afetando, por exemplo, o sistema respiratório e a pele. Quem nunca ficou espirrando ou com descamações no rosto depois de um dia inteiro em ambientes com ar-condicionado intenso?

Foto: freepik/Freepik / Boa Forma

Para evitar qualquer problema, o  Dr. Bruno Borges de Carvalho Barros, otorrinolaringologista, conta o que você pode fazer para apostar no ar-condicionado de maneira segura em dias quentes:

Não exagere

De acordo com o médico, um dos hábitos mais prejudiciais para a saúde é ficar muito tempo exposto ao ar-condicionado sem os devidos cuidados. " Isso pode provocar ressecamento das vias aéreas, causando sangramento nasal, além de favorecer o aparecimento de resfriados e crises de rinite alérgica", alerta.

Mantenha o ar-condicionado limpo

Aparelhos de resfriamento sujos, tanto ventilador quanto ar-condicionado, podem espalhar ácaros, fungos e bactérias no ambiente. Portanto, é indispensável limpá-los externamente e fazer a manutenção anual do filtro do ar-condicionado, seja da casa, do escritório ou do carro.

Tome cuidado com o "entra e sai"

Quando você sai de um local com ar-condicionado e vai para o ambiente externo, ocorre uma alteração brusca na temperatura, o que pode impactar a saúde do corpo. "A dica é nunca ligar o ar condicionado com a menor temperatura possível, o ideal é que o ambiente esteja sempre na casa dos 23º C, que é a norma estabelecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)", orienta o médico.

Aprenda a proteger as suas vias respiratórias

As mucosas do nariz e da boca atuam como defesa do organismo contra bactérias e poeira, porém elas precisam ser hidratadas para conseguirem cumprir essa função adequadamente. E, quando há a exposição ao ar-condicionado ou ao ventilador, a umidade dessas mucosas pode ser reduzida.

"Sem essa capacidade de proteção, as chances de gripes, resfriados, rinite, sinusite, pneumonia e outros problemas respiratórios aumentam e, com as vias aéreas ressecadas pode acontecer os sangramentos nasais. A dica é f azer hidratação frequente com soro fisiológico 0,9% que pode ser aplicado diretamente nas narinas algumas vezes ao dia e aumentar a ingestão de água", sugere o otorrinolaringologista.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade