PUBLICIDADE

Benefícios de cortar a bebida alcoólica: nutri aponta vantagens para saúde

Segundo estudo feito pela BBC, os jovens da Gen Z estão bebendo menos. Conheça os benefícios de cortar o consumo de álcool!

2 fev 2024 - 13h16
Compartilhar
Exibir comentários

Ao que tudo indica, as pessoas estão cada vez mais focadas em cuidar de sua saúde mental. Prova disso é que, diferentes das gerações anteriores, a chamada Gen Z se mostra extremamente consciente diante das consequências da bebida alcoólica. Um estudo feito pela BBC mostra que os jovens estão bebendo menos: em 2019, a geração com 16 a 25 anos de idade era a mais abstêmia — 26% deles não bebiam, em comparação com 15% entre a geração que mais bebia (55 a 74 anos de idade).

Nutricionista aponta bons motivos para você largar de vez as bebidas alcoólicas
Nutricionista aponta bons motivos para você largar de vez as bebidas alcoólicas
Foto: Freepik/Divulgação / Boa Forma

"Cortar o consumo de bebidas alcoólicas pode trazer uma série de benefícios significativos para a saúde física, mental e emocional. Este passo corajoso não apenas melhora a qualidade de vida, mas também promove mudanças positivas em diversos aspectos.", diz Cris Ribas Esperança, nutricionista pós-graduada em Gastronomia Funcional e especializada em Nutrição Comportamental e Low Carb.

Benefícios de cortar a bebida alcoólica

Segundo a profissional, abandonar o consumo de álcool faz bem de diversas formas diferentes para a saúde. A seguir, ela lista quais são elas!

Melhoria da saúde física

O álcool é conhecido por ter efeitos negativos na saúde física. Ao cortá-lo, você reduz o risco de doenças hepáticas, cardiovasculares e pancreáticas. Além disso, a ausência de álcool contribui para uma pele mais saudável, melhora o sono e fortalece o sistema imunológico.

Clareza mental e aumento da energia

A abstinência de álcool está associada a uma maior clareza mental e foco. Você pode experimentar um aumento notável na energia, permitindo uma vida mais produtiva e gratificante. A mente se torna mais afiada, facilitando o enfrentamento dos desafios do dia a dia.

Estabilidade emocional

O álcool pode ter efeitos negativos no equilíbrio emocional, contribuindo para a ansiedade e a depressão. Ao eliminar o álcool, muitas pessoas relatam uma melhoria significativa em sua saúde mental. Isso cria espaço para emoções positivas e estratégias de enfrentamento mais eficazes.

Melhora nas relações interpessoais

O consumo excessivo de álcool pode afetar negativamente as relações interpessoais. Ao cortar essa substância, você promove uma comunicação mais clara e relações mais saudáveis. Isso fortalece os vínculos familiares, de amizade e profissionais, trazendo equilíbrio em sua saúde mental.

Benefícios financeiros

O hábito de beber pode se tornar financeiramente custoso ao longo do tempo. Cortar o álcool não só economiza dinheiro, mas também evita gastos relacionados a problemas de saúde associados ao consumo excessivo.

Desenvolvimento pessoal

A decisão de cortar o álcool muitas vezes leva a uma jornada de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. As pessoas frequentemente descobrem novos hobbies, paixões e interesses que contribuem para uma vida mais significativa e gratificante.

Maior qualidade de sono

O álcool pode interferir no ciclo do sono, resultando em noites de descanso inadequado. Ao abandonar o consumo de álcool, muitas pessoas relatam uma melhoria significativa na qualidade do sono, o que contribui para uma maior vitalidade e bem-estar.

Maiores benefícios para as mulheres

No caso das mulheres que estão buscando mais saúde, os benefícios são ainda maiores. Isso porque elas ficam bêbadas mais rápido, mas o organismo das mulheres é feito para isso, pois seu corpo produz menos quantidade da enzima álcool desidrogenase (ADH), que é liberada pelo fígado e é usada para metabolizar o álcool. Segundo Cris, as mulheres não são preparadas para metabolizar a bebida alcóolica, fisiologicamente.

Riscos do consumo de álcool

Além dos benefícios, vale ressaltar os risco que o álcool pode trazer a longo prazo de seu consumo abusivo:

  • Pancreatite crônica;
  • Cirrose;
  • Distúrbios psiquiátricos que podem levar até ao suicídio;
  • Doenças cardiovasculares.

"Com isso em mente, cortar a bebida alcoólica oferece uma variedade de benefícios que se estendem além da saúde física. A decisão de renunciar ao álcool abre portas para uma vida mais saudável, equilibrada e plena", finaliza Cris.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade