PUBLICIDADE

Novembro Azul: 3 coisas importantes sobre o câncer de próstata

O tabu em realizar exames de prevenção e a falta de conhecimento sobre a doença tem contribuído para o surgimento de novos casos

13 nov 2021 12h42
ver comentários
Publicidade
Novembro azul
Novembro azul
Foto: Shutterstock / Sport Life

O Novembro Azul trata-se de um movimento mundial que visa conscientizar homens em uma faixa etária entre 40 e 50 anos sobre o câncer de próstata. No Brasil, o tumor é o segundo que mais afeta os homens e deve somar mais de 65.840 novos casos no Brasil só esse ano, segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer).

A próstata é uma glândula masculina localizada na parte inferior do abdômen. Ela está entre a uretra, tubo pelo qual a urina é eliminada. A glândula também produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides e é liberado durante o ato sexual.

Os sintomas incluem dor ou ardor ao urinar, presença de sangue na urina ou no sêmen e necessidade de urinar várias vezes durante o dia e a noite. O problema é que, na maioria dos casos, esses sintomas são tidos como silenciosos. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, quando os sintomas começam a aparecer, 95% dos casos já estão em fase adiantada.

Dessa forma, o diagnóstico precoce está entre os fatores que mais corroboram para as chances de cura. Além de evitar possíveis efeitos colaterais de procedimentos cirúrgicos e radioterápicos, manter os exames urológicos em dia garante, em 90%, as chances de não desenvolver casos avançados da doença. Além de contribuir diretamente para a cura.

Ocorre que o câncer de próstata ainda é um tabu por parte de alguns homens. Muitos pacientes só vão ao médico quando já apresentam os sintomas. Isso acontece devido a falta de informação a respeito dos exames para de detecção.

 O farmacêutico Cleber Martins- Farmacêutico das Drogarias Pacheco , explica que há dois tipos mais comuns de exames. ''O primeiro  exame é o de toque retal, o mais eficaz para o diagnóstico precoce. Vale salientar que ele é indolor e dura menos de dez segundos. Outro exame fundamental na detecção precoce é o de dosagem do PSA (antígeno prostático específico), feito a partir da coleta de sangue, realizada em laboratório'', comenta.

A seguir entenda 3 fatos importantes sobre o câncer de próstata 

Fatores que contribuem para o desenvolvimento do tumor

A causa exata do desenvolvimento de câncer de próstata não é conhecida, mas especialistas configuram alguns hábitos como sendo agravantes no desenvolvimento da doença;  

A genética contribui para o surgimento quando há casos em que o pai ou o irmão do paciente já tiveram câncer.

Os hábitos alimentares estão entre os maiores fatores de risco, já que dietas ricas em gorduras saturadas contribuem para o sedentarismo. 

O uso de anabolizantes e o tabagismo também estão inclusos.

Atividades físicas fazem a diferença

Embora ainda não haja nenhuma comprovação científica de que o câncer de próstata pode ser evitado com a prática de atividades físicas, apostar em um estilo de vida saudável é um ponto importante para manter a saúde do organismo em dia.

"O INCA e o Ministério da Saúde concordam que uma rotina saudável, alimentação balanceada e outros fatores ligados ao bem-estar podem ajudar na prevenção não só deste, como de diversos outros tipos de carcinomas", pondera o Dr. Andrey Soares, oncologista do Grupo Oncoclínicas em São Paulo 

Tratamento

O tratamento do câncer de próstata vai depender do estágio da doença. Nos casos mais comuns, o paciente realiza cirurgia, terapia hormonal e radioterapia.

Fontes: Saúde em dia; Dr. Andrey Soares, oncologista do Grupo Oncoclínicas; Cleber Martins, Farmacêutico das Drogarias Pacheco e Viva Bem Uol

Sport Life
Publicidade
Publicidade