PUBLICIDADE

11 cuidados com o cachorro após a castração

Veja como garantir que o seu animal de estimação tenha uma boa recuperação após a cirurgia

21 set 2023 - 10h02
Compartilhar
Exibir comentários

A castração é um procedimento cirúrgico realizado em animais, geralmente cães e gatos, visando remover os órgãos reprodutivos, como os ovários nas fêmeas ou os testículos nos machos. Esse procedimento é recomendado para impedir que o cachorro faça xixi pela casa ou, até mesmo, marque território em diferentes espaços e objetos. Entretanto, também é importante a fim de evitar crias indesejadas e proteger o animal de estimação de doenças que podem colocar a saúde dele em risco.

Cuidar atentamente dos pets após a castração previne problemas
Cuidar atentamente dos pets após a castração previne problemas
Foto: Roman Samborskyi | Shutterstock / Portal EdiCase

"Além de controlar a população de cães e gatos, a castração evita doenças como tumores mamários e de ovários, doenças uterinas como a piometra, a hiperplasia prostática benigna e os tumores prostáticos. A castração também ajuda a evitar desequilíbrios hormonais em fêmeas e comportamento agressivo em machos", explica o veterinário Marcio Waldman, fundador e CEO da PetLove.

Após a castração, alguns cuidados por parte do tutor são importantes para assegurar uma recuperação bem-sucedida. Eles objetivam prevenir complicações, promover a cicatrização adequada e garantir o bem-estar geral do cão. Veja, a seguir, como cuidar corretamente do seu cachorro após a cirurgia!

1. Evite que o cão faça atividade física intensa

Após a castração, é importante limitar a atividade física do cachorro por alguns dias. Isso ajuda a evitar possíveis complicações e permite que a incisão cicatrize adequadamente.

2. Observe o corte da cirurgia

Fique atento ao corte da cirurgia para verificar se há sinais de infecção, inchaço ou vermelhidão. Caso observe algo anormal, consulte imediatamente um veterinário.

3. Não deixe o cão lamber ou morder a incisão

O cão pode sentir desconforto na região da cirurgia e tentar lamber ou morder. Para evitar isso, é recomendado o uso do colar elizabetano, da roupa cirúrgica ou de outros dispositivos que impeçam o acesso à área.

4. Tenha cuidados com o local da cirurgia

Mantenha a região da incisão limpa e seca. Evite exposição à água ou sujeira que possa causar infecções.

5. Administre medicamentos conforme orientação

Se o veterinário prescrever medicamentos, respeite as instruções de dosagem e os horários para garantir a recuperação adequada.

6. Forneça a alimentação adequada

Durante o período pós-castração, o cão pode precisar de uma dieta leve ou especial. Siga as orientações do veterinário quanto à alimentação e ao consumo de água.

Mudança no comportamento dos pets é um alerta para consultar o veterinário
Mudança no comportamento dos pets é um alerta para consultar o veterinário
Foto: G-Stock Studio | Shutterstock / Portal EdiCase

7. Monitore o comportamento do cachorro

Observe qualquer mudança significativa no comportamento do cão, como falta de apetite, letargia ou sinais de dor. Sinalize o veterinário se houver preocupações.

8. Proporcione um ambiente tranquilo

Mantenha o ambiente do cachorro calmo e livre de estímulos excessivos para reduzir o estresse e promover uma recuperação mais tranquila.

9. Evite brincadeiras bruscas com outros animais

Durante o período de recuperação, restrinja o contato do cão com outros animais para evitar possíveis lesões na área operada.

10. Retorne ao veterinário para reavaliação

Marque uma consulta de acompanhamento com o veterinário a fim de garantir que a recuperação esteja progredindo como esperado.

11. Proporcione amor e conforto

Durante o período pós-castração, ofereça ao seu cão amor, carinho e um ambiente seguro para ajudar na recuperação física e emocional.

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade