0

Elle Fanning, jurada mais jovem, dá show de estilo em Cannes

24 mai 2019
16h59
atualizado às 18h15
  • separator
  • comentários

A 72ª edição do Festival de Cannes, que contou com a presença de Marina Ruy Barbosa em vários tapete vermelhos, já tem um vencedor (além do filme brasileiro "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", de Karim Aïnouz, que ganhou o prêmio da mostra paralela "Un Certain Regard"). Ou melhor, uma vencedora. Trata-se da atriz Elle Fanning, de apenas 21 anos, a jurada mais jovem já convidada para o tradicional evento de cinema. O ganhador da Palma de Ouro, cujo concorrente brasileiro é "Bacurau", de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, só será conhecido neste sábado (25), mas a atriz americana, irmã de Dakota Fanning, merece o troféu, se houvesse, de "arraso no tapete vermelho".

Elle Fanning (Foto: Reprodução/Instagram)
Elle Fanning (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

A loira usou várias marcas famosas e chegou até a desmaiar num jantar oferecido pela Choppard, marca de joias patrocinadora do festival,  por conta do vestido apertado que usava, da grife Prada. Apesar da pouca idade, Elle sempre dá show em tapetes vermelhos. Nesse ano, especificamente, como faz parte do júri, sua passagem pelo red carpet e por eventos paralelos foi diária. Daí a profusão de looks de babar.

Um dos mais comentados foi a releitura do tailleur Bar, criado por Christian Dior em 1947, cuja silhueta virou marca registrada dos anos 1950. Rosa, estampas botânicas, preto e branco, anos 1960 foram as principais escolhas da atriz, cuja stylist é Samantha McMillen. Confira 11 alguns deles.

New Look Dior

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Glamour (@glamourmag) em

Foram nada menos que 450 horas de trabalho e 50 metros de tule para a confecção da saia azul-marinho usada com blusa branca e chapéu, por Elle Fanning, em homenagem a Grace Kelly, atriz que virou princesa de Mônaco. O tailleur tipo bar é um ícone fashion. O estilista Christian Dior criou o modelo e outros mais com fartura de tecido na saia e dorso mais justo. Isso tudo para contrapor a restrição de tecidos vivenciada durante a Segunda Guerra Mundial. O estilo recebeu o nome de "New Look Dior".

Rosa-millennial

O rosa-millennial é tendência há algum tempo e aqui, a atriz usa look assinado pela estilista Louiza Babouryan, de Los Angeles, com dorso trabalhado no tricô ao lado de tecido mais leve. Mangas bufantes e óculos em degradê de duas cores, tipo ombré, são também tendências.

Armani

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Samantha McMillen (@samanthamcmillen_stylist) em

Para assistir ao filme "Upon a Time in Hollywood", de Quentin Tarantino, com Brad Pitt e Leonardo di Caprio, Ellen usou vestido tipo bustiê de seda branca, com uma fita amarela na cintura. Linda, leve e solta.

Chanel

O vestido rosa com textura é assinado pela Chanel e foi usado em festa promovida pela própria grife em Cannes. O modelo traz flores aplicadas no decote e na cintura e foi complementado com clutch rosa e sapato sem o calcanhar, um dos ícones da marca francesa.

Anos 60

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mary Elle Fanning (@beautyfanning) em

O look em linha A, com vestido e casaco bordados, é um retorno aos anos 1960, assinado por Paul Ka. Os óculos azuis é da Fendi.

Prada

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mary Elle Fanning (@beautyfanning) em

O vestido do desmaio. Sim, foi com esse vestido que Elle Fanning desmaiou durante evento da Choppard. O tom nude do vestido da Prada é quebrado com as flores aplicadas com o cabo dobrado.

Dior

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mary Elle Fanning (@beautyfanning) em

Para participar de um evento sobre empoderamento feminino, Elle usou mais um vestido estilo bustiê, agora da Dior. Veja como estampa é possível em looks de festa.

Preto e branco

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mary Elle Fanning (@beautyfanning) em

Mais um look Dior foi a escolha de Elle Fanning, com blusa branca, saia calça, tipo balonê, bem anos 1980, e meia branca com calçado preto. Uma mistura de clássico e ousado.

Gucci

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mary Elle Fanning (@beautyfanning) em

Para a abertura da 72ª edição do Festival de Cannes, Elle Fanning escolheu vestido fluido e solto de seda, da Gucci, Veja como o bordado na cintura faz toda a diferença no look, que foi complementado com joias de pedra roxa da Choppard.

Vivianne Westwood

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por El Armario 364 (@elarmario364) em

O pink está se confirmando como o "novo preto" nos tapetes vermelhos. A cor que confere vida e alegria ao look foi a escolha de Elle Fanning. O modelo é da coleção da estilista inglesa Vivienne Westwood que remete ao vestuário de Marie Antonieta.

Valentino

Ver essa foto no Instagram

Elle x Valentino Haute Couture Cannes Night 2

Uma publicação compartilhada por Samantha McMillen (@samanthamcmillen_stylist) em

No segundo dia de tapete vermelho, a atriz foi com um romântico vestido de alta-costura assinado pela Valentino. Mais uma prova de que estampa pode ser usada em tapete vermelho, apesar de nem sempre ser uma escolha fácil. O decote em V profundo confere um ar mais ousado à produção. Anote, tranças nos cabelos são tendência.

Elas no Tapete Vermelho
  • separator
  • comentários
publicidade