PUBLICIDADE

Fingir orgasmo: prática ainda ocorre entre mulheres

Apesar do prazer feminino ser cada vez mais priorizado, muitas mulheres ainda optam por fingir orgasmo

21 mai 2022 22h05
ver comentários
Publicidade
Entre as causas mais comuns estão o medo de desagradar o parceiro
Entre as causas mais comuns estão o medo de desagradar o parceiro
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Levante a primeira pedra a mulher que nunca pensou em fingir orgasmo para encerrar uma relação não muito satisfatória. Mesmo cada vez menos comum, já que existe hoje uma priorização maior do prazer feminino, a psicóloga e sexóloga Erika de Paula disse que "infelizmente ainda existem muitas mulheres que fingem". Contudo, além de ser utilizado como tática para escapar do sexo, existem outros motivos por trás como a vontade de agradar o parceiro, dando a entender que foi bom para ambos.

O fato de não sentir prazer em algumas relações pode gerar frustração, principalmente entre mulheres
O fato de não sentir prazer em algumas relações pode gerar frustração, principalmente entre mulheres
Foto: Shutterstock / Alto Astral

De todo modo, vale lembrar que não é sempre que uma relação sexual precisa terminar em orgasmo, afinal, imprevistos podem acontecer. O mais importante é que ambos possam desfrutar da experiência do sexo, sem precisar fingir orgasmo, é claro!

Contudo, se a dificuldade para alcançar o orgasmo é frequente ou constante, é necessário procurar por ajuda médica. Somente desse jeito será possível entender e analisar a causa do problema, além de tratar e melhorar a qualidade da vida sexual. 

De acordo com Erika, "a pessoa é a responsável pelo seu orgasmo e o outro vai ajudar a encontrar isso". Por isso, aponta para o autoconhecimento e olhar para si, o que ajudará a que cada mulher conheça e saiba do que gosta em termos sexuais.  

Sabendo do que gosta, a mulher também poderá orientar o parceiro em relação aos seus gostos pessoais na hora H. Tornando assim, a experiência de ambos satisfatória e o melhor: sem precisar fingir orgasmo, que é uó, não é mesmo?

Como evitar fingir orgasmo nas relações?

Em primeiro lugar, é necessário paciência, viu? Afinal, as pessoas possuem experiências diferentes com outras pessoas e, consequentemente, possuem outras experiências de como sentir prazer. Cada mulher é um universo, então é muito importante entender o que é prazeroso para você para assim, ajudar seu parceiro a fazer isso com você. 

Por isso, para que sua experiência — e a do (a) parceiro (a) seja satisfatória — é necessário que ambos colaborem para chegar lá. Esse é até um ótimo jeito de despertar novos prazeres, fantasias sexuais e fetiches para apimentar a relação, viu?

Fonte: Erika de Paula, psicóloga e sexóloga.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade