PUBLICIDADE

Ferida inflamada: saiba como tratar a condição

Ferida inflamada pode exigir atenção especial; conheça os principais cuidados para evitar complicações

25 mar 2024 - 11h00
Compartilhar
Exibir comentários

A ferida inflamada é uma condição que, embora dolorosa, é essencial para a recuperação do machucado. Ela se caracteriza por sintomas e sinais como dor, vermelhidão, inchaço, sensação de calor e latejamento no local e ao redor da lesão. 

Veja os cuidados para tratar a ferida inflamada
Veja os cuidados para tratar a ferida inflamada
Foto: Shutterstock / Alto Astral

O processo de inflamação ocorre como reação do sistema imunológico, para realizar a cura do machucado, além de prevenir e combater corpos estranhos na pele lesionada. 

O que causa a inflamação?

Existem diversas razões que fazem uma ferida inflamar. Algumas delas são:

  • Infecção bacteriana: ocorre quando há uma ferida contaminada pela presença de bactérias, que provocam uma reação do sistema imunológico por meio da inflamação;
  • Trauma continuado ou fricção: ocorre quando uma ferida fica irritada ou exposta a atritos repetidamente, provocando reação inflamatória do sistema imunológico no local da lesão;
  • Corpos estranhos: a presença de corpos estranhos na ferida como, por exemplo, uma farpa, pode provocar a inflamação no local da lesão;
  • Reação alérgica: pode acometer o paciente devido à reação alérgica a produtos químicos como sabões, pomadas ou adesivos curativos utilizados para tratamento da ferida;
  • Exposição prolongada a um ambiente úmido ou sujo: Ambientes úmidos ou sujos podem favorecer a proliferação de bactérias, o que aumenta o risco de infecção e inflamação em casos de contato;
  • Comorbidades: doenças como a diabetes ou problemas de circulação sanguínea, podem ser prejudiciais e atrapalhar a capacidade corporal de realizar cicatrização de feridas adequadamente, tornando as lesões mais propensas a inflamação.

O que fazer em casos de inflamação?

Para tratar uma ferida inflamada os cuidados envolvem limpeza local e adição de curativos, para barrar invasão de partículas na área lesionada, além da aplicação de pomadas que previnem infecções.

Outros cuidados como uma boa hidratação e alimentação, além da prática de exercícios que melhoram a circulação sanguínea, podem ser essenciais. Confira como realizar o cuidado de uma ferida inflamada. 

Alimente-se bem e hidrate o corpo

Uma alimentação balanceada e com nutrientes como vitaminas e minerais podem auxiliar bastante na cicatrização de feridas, uma vez que fortalece o sistema imunológico. Além disso, uma boa hidratação, ingerindo pelo menos 2 litros de água ao dia, pode fortalecer a saúde e ajudar a manter um bom funcionamento do corpo.

Aplique pomada na ferida

O uso de pomadas com propriedades anti-inflamatórias e com ação cicatrizante, hidratante e antisséptica, além de fórmula antibiótica (em caso de infecções bacterianas), pode ajudar bastante no trato das feridas inflamadas.

Estimule a circulação sanguínea na área

Uma boa circulação sanguínea no local da lesão pode ser primordial para o controle inflamatório e acelerar a cicatrização e recuperação do tecido lesionado. Invista em exercícios com movimentos mais leves para melhorar a circulação sanguínea e tratar a ferida inflamada mais rapidamente.

Faça curativos

Limpe bem o local do machucado. Depois, utilize uma toalha limpa para secar a região que circunda a ferida e aplique um pedaço de gaze sobre a laceração. Isso protegerá a lesão de ser acometida por bactérias ou, até mesmo, de aumentar sua profundidade.

Higienize bem o local

Higienize o ferimento com antissépticos ou usando água e sabão. Faça isso com muito cuidado para não provocar incômodo nem machucar ainda mais a área afetada. Dessa forma, você mantém o ferimento mais distante de microrganismos nocivos.

Procure um médico

Procure um médico em casos de feridas muito profundas, considerando também o local da lesão, aparência do corte e os sintomas associados ao ferimento, em especial os sintomas de dor e o inchaço.

Essa preocupação é importante porque lacerações profundas e grandes podem necessitar de sutura e aplicação de pontos para uma cicatrização eficaz. Pode ser necessária, inclusive, a administração da vacina antitetânica.

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade