0

Bolo de 141 anos virou herança de uma família nos EUA

Os Ford decidiram guardar o alimento à base de frutas após a morte de Fidelia Ford, que fez o doce, mas morreu antes de comê-lo

16 dez 2019
15h33
atualizado às 16h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A família Ford, que vive no Estado norte-americano de Michigan, tem uma herança peculiar: um bolo de frutas de 141 anos. A sobremesa foi preparada por Fidelia Ford em 1878, mas ela morreu antes de conseguir comê-la e a família decidiu guardar o quitute como forma de respeito.

Bolo de 141 anos virou herança de uma família nos Estados Unidos (foto ilustrativa)
Bolo de 141 anos virou herança de uma família nos Estados Unidos (foto ilustrativa)
Foto: Reuters

O bolo foi guardado em um recipiente de vidro, que traz a data de fabricação informada no topo. Desde então, o doce foi passado de geração em geração e se tornou uma herança de família para os Ford.

Atualmente, a responsável pelo alimento é Julie Ruttinger, tataraneta de Fidelia. A mulher recebeu o bolo após a morte do pai, Morgan Ford, em 2013.

"Ele cuidou do bolo até o dia em que ele deixou a Terra. Nós sabíamos que [o bolo] significava muito para ele", disse Julie em entrevista para a Associated Press. "[O bolo] é uma grande coisa. Era tradição. É um legado", completou.

De acordo com o jornal Detroit News, o Guinness World Records definiu um bolo de 4.176 anos, que estava na tumba de um faraó egípcio, como o mais antigo já encontrado. Portanto, a sobremesa dos Ford ainda está longe de bater o recorde.

Veja também:

 

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade