PUBLICIDADE

Sofá Colorido: saiba como o móvel transforma a decoração

Diga adeus às cores neutras! Arquitetas explicam como a tendência de tons vivos veio para ficar

4 nov 2021 13h35
ver comentários
Publicidade
Deixe as cores neutras de lado!
Deixe as cores neutras de lado!
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Decorar a sala de estar pode ser um grande desafio, principalmente para quem quer optar por cores vivas e deixar de lado as neutras, como branco, cinza e preto. Entre paredes e itens de decoração, as cores podem dar um "up" no ambiente, mas também podem sobrecarregar o mesmo. Porém, na hora de escolher o sofá, a alma da sala, entenda que não há opção de tom considerado equivocado!

O segredo para escolher o sofá colorido ideal é buscar inspirações e ideias de decoração que sigam o seu estilo pessoal. De acordo com a arquiteta Carina Dal Fabbro, além de alegrar o ambiente, outra vantagem do sofá colorido é não mostrar com facilidade a sujeira. "Ele pode até mesmo tirar a atenção de um ponto da decoração do qual não gostamos tanto, pois se torna realmente um destaque no ambiente", explica.

Sofá colorido dá alegria ao ambiente

Segundo a arquiteta Cristiane Schiavoni, a ascensão do colorido nos móveis está ligada ao fato de, atualmente, as pessoas ficarem mais em casa. Com isso, sentiram a necessidade de enxergar o lar como uma coisa pertencente a elas, com sua cara e estilo. "Com essa questão do home office, as pessoas têm percebido essa questão e estão se abrindo e se arriscando mais na decoração da casa também", acredita.

Carina endossa a percepção de Cristiane e pontua que as pessoas estão em um movimento de querer tornar a casa mais alegre. Isso se traduz, muitas vezes, na troca do sofá, a maior peça do mobiliário e a que mais chama a atenção.

Quais cores estão em alta?

Ambas explicam que o verde é a cor mais pedida pelos clientes. "Apesar da grande variação de tons, o verde tem aparecido como o queridinho no décor", explica Carina.

O laranja queimado no estilo ferrugem também é um destaque nos pedidos, segundo Cristiane.

Como harmonizar a peça com a decoração do ambiente?

O grande truque, para Cristiane, é quebrar o paradigma de que os móveis precisam ser todos neutros e colocar cores em almofadas e coisas pequenas. "Na proposta estética, o sofá é mais um elemento que pode ter cor, basta simular todos os elementos do espaço", diz.

Mas o sofá colorido não tira o foco de outros pontos do ambiente? Sim, pode tirar, mas quando tudo está bem equilibrado, ele entra no conjunto e harmoniza com o ambiente. É importante lembrar que, além da escolha da cor, é preciso pensar no tamanho, nas dimensões, na largura e na profundidade do móvel, para evitar que a sala fique "pesada"...

Por isso, peça sempre a opinião de um arquiteto ou designer de interiores na hora de planejar a decoração do seu ambiente.

Fonte: Carina Dal Fabbro, arquiteta formada pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo em Arquitetura e Urbanismo; Cristiane Schiavoni, arquiteta formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade