PUBLICIDADE

Drywall: O Que É, Características, Vantagens e Desvantagens

12 jun 2024 - 11h03
Compartilhar
Exibir comentários

O Drywall é uma das formas mais rápidas e econômicas de construção para interiores. Consiste em uma estrutura pré-fabricada, feita de aço e placas de gesso, ideal para criar paredes, nichos, armários embutidos e sancas no teto.

Por ser um sistema de construção a seco, produz pouca sujeira e ainda possui aplicação rápida e silenciosa, o que foi suficiente para revolucionar a construção civil norte-americana, nos anos de 1898, quando foi criado por Augustine Sackett. No Brasil, alcançou popularidade nos anos de 1970 e, de lá para cá, teve crescimento contínuo e vertiginoso.

As vantagens construtivas do drywall fizeram com que o material saltasse de 10 milhões de metros quadrados em 2000 para 164 milhões de metros quadrados em 2023, no Brasil. – Foto: Shutterstock
As vantagens construtivas do drywall fizeram com que o material saltasse de 10 milhões de metros quadrados em 2000 para 164 milhões de metros quadrados em 2023, no Brasil. – Foto: Shutterstock
Foto: Viva Decora

Confira mais projetos dos escritórios Bianchi & Lima, Bruno Ortega Arquitetura, Fenda Arquitetura, Daniela Funari e Casullo Arquitetura (Aymah Arquitetura).

Projeto de arquitetura: Bianchi & Lima | Foto: Julia Ribeiro
Projeto de arquitetura: Bianchi & Lima | Foto: Julia Ribeiro
Foto: Viva Decora
A versatilidade do drywall permite a criação de molduras, divisão de ambientes e a instalação de diversos recursos de iluminação, como trilhos, spots e fita de LED na sanca. – Projeto de arquitetura: Bianchi & Lima | Foto: Julia Ribeiro
A versatilidade do drywall permite a criação de molduras, divisão de ambientes e a instalação de diversos recursos de iluminação, como trilhos, spots e fita de LED na sanca. – Projeto de arquitetura: Bianchi & Lima | Foto: Julia Ribeiro
Foto: Viva Decora
Até mesmo os ambientes integrados podem ser visualmente setorizados, com recortes estratégicos no drywall e iluminação embutida. – Projeto de arquitetura: Bruno Ortega | Foto: Victor Filomensky
Até mesmo os ambientes integrados podem ser visualmente setorizados, com recortes estratégicos no drywall e iluminação embutida. – Projeto de arquitetura: Bruno Ortega | Foto: Victor Filomensky
Foto: Viva Decora
O projeto luminotécnico cria cenas diferentes para o mesmo ambiente, graças ao forro de drywall, com recortes nas laterais para embutir diferentes tipos de iluminação. – Projeto de arquitetura: Bruno Ortega | Foto: Victor Filomensky
O projeto luminotécnico cria cenas diferentes para o mesmo ambiente, graças ao forro de drywall, com recortes nas laterais para embutir diferentes tipos de iluminação. – Projeto de arquitetura: Bruno Ortega | Foto: Victor Filomensky
Foto: Viva Decora

Quais os Fatores que Influenciam o Consumo de Drywall?

A resposta para essa questão é uma série de acontecimentos que detalhamos a seguir:

Crescimento Urbano

O aumento da urbanização levou a uma demanda crescente por construções rápidas e eficientes. Nesse aspecto, o drywall se mostra uma opção popular para construções residenciais e comerciais, devido à sua facilidade de instalação e custo relativamente baixo.

Desenvolvimento Econômico

Além de mais pessoas vindo morar nas cidades, a economia em desenvolvimento de vários países, incluindo o Brasil, impulsionou a construção de novos edifícios residenciais, comerciais e industriais. O drywall tem papel fundamental nessas construções devido à eficiência, agilidade de instalação e custo-benefício.

Mudanças Demográficas

Com mais pessoas morando nas cidades e as famílias ficando cada vez mais enxutas, a demanda por habitações compactas e multifuncionais aumentou. O drywall se encaixa bem nesse cenário, permitindo a construção de espaços internos flexíveis e adaptáveis.

Sala com sofá branco sobre uma estrutura de madeira, no centro de uma sala integrada a outro ambiente, e uma porta de correr de vidro e madeira aberta.
Sala com sofá branco sobre uma estrutura de madeira, no centro de uma sala integrada a outro ambiente, e uma porta de correr de vidro e madeira aberta.
Foto: Viva Decora
Ambientes pequenos precisam ser flexíveis para driblar as pequenas metragens. Nesse projeto, o drywall ajudou a estruturar divisórias de correr que delimitam e integram espaços, de acordo com a necessidade. – Projeto de arquitetura: Fenda Arquitetura | Foto: Gisele Rampazzo
Ambientes pequenos precisam ser flexíveis para driblar as pequenas metragens. Nesse projeto, o drywall ajudou a estruturar divisórias de correr que delimitam e integram espaços, de acordo com a necessidade. – Projeto de arquitetura: Fenda Arquitetura | Foto: Gisele Rampazzo
Foto: Viva Decora

Sustentabilidade

O foco crescente na sustentabilidade fez com que o drywall fosse cada vez mais bem-vindo nos canteiros de obra, devido ao baixo impacto ambiental em comparação a outros materiais de construção, como o gesso tradicional. Ele é reciclável e requer menos energia para ser produzido, o que o torna uma escolha atrativa para construções sustentáveis.

Inovações Tecnológicas

Avanços na tecnologia de fabricação de drywall resultaram em produtos mais eficientes e duráveis, com melhor resistência ao fogo, isolamento acústico e térmico. Isso aumentou a aceitação do drywall em uma variedade de aplicações, desde construções residenciais até projetos comerciais de grande escala.

Normas e Regulamentações

Novas normas de construção, inclusive em relação à segurança contra incêndios e eficiência energética, também influenciaram o consumo de drywall. Muitas regulamentações incentivaram o uso de materiais de construção mais seguros e eficientes, beneficiando o drywall devido às suas propriedades.

Tendências de Design de Interiores

Mudanças nas preferências de design de interiores, como a popularidade de espaços abertos e modernos, favoreceram o uso de drywall devido à sua capacidade de criar divisões flexíveis e paredes curvas.

Período Pós-Recessão

Após a recessão econômica global de 2008, alguns países se recuperaram gradualmente, esquentando novamente o mercado da construção civil, com novos investimentos em construções e reformas incluindo o drywall.

Escassez de Mão de Obra

Em algumas regiões, houve escassez de mão de obra qualificada na construção civil. O drywall, por ser relativamente fácil de instalar em comparação a outros materiais de construção, foi preferido em projetos onde a disponibilidade de mão de obra era um desafio.

Expansão do Setor de Hospitalidade

O crescimento do turismo e da indústria de hospitalidade em muitas partes do mundo impulsionou a construção de hotéis e resorts. O drywall é frequentemente utilizado nessas construções, devido à sua capacidade de criar espaços interiores personalizados e de alta qualidade. Esses fatores, entre outros, contribuíram para o aumento do consumo de drywall ao longo dos anos, tornando-o uma escolha popular na indústria da construção civil em todo o mundo.

Conscientização sobre Segurança e Saúde

O impacto do ar interno dos edifícios na saúde dos ocupantes, despertou a necessidade de melhorá-lo, levando a uma demanda por materiais de construção que contribuíssem para ambientes mais saudáveis. O drywall, por ser resistente a mofo e fungos, atende a essas preocupações.

Além de resistente a micro-organismos comuns, como o mofo, o sistema construtivo de drywall pode ser até 20% mais rápido do que a alvenaria comum. –  Foto: Shutterstock
Além de resistente a micro-organismos comuns, como o mofo, o sistema construtivo de drywall pode ser até 20% mais rápido do que a alvenaria comum. – Foto: Shutterstock
Foto: Viva Decora

Características do Drywall

Em termos de resistência mecânica, o material cumpre todas as normas de desempenho da ABNT, mantendo-se firme em batidas e impactos do dia a dia, por conta da composição de sua estrutura. O drywall possui um núcleo de gesso, derivado da rocha gipsita desidratada, e aditivos, além de lâminas acartonadas que conferem resistência à tração. Existe ainda os modelos específicos de drywall, indicados inclusive para áreas úmidas, como cozinhas e banheiros. Elas são reconhecidas pela cor verde e possuem hidrofugantes na formulação. Já as placas rosas são resistentes ao fogo, isso porque possui 20% de água em estado cristalino na sua composição que, em contato com o fogo é liberada, retardando a ação das chamas.

Em casos em que o projeto exige maior desempenho perante o fogo, é possível utilizar o drywall rosa com fibra de vidro na formulação.

Como Identificar os Tipos de Chapa de Drywall

Chapa Verde: Ideal para áreas úmidas como banheiros, cozinhas e lavanderias. Contém aditivos fungicidas e silicone para maior resistência.

Chapa Branca: Utilizada para paredes secas e forros, ideal para dividir ambientes, criar móveis, prateleiras e nichos.

Chapa Rosa: Resistente ao fogo, contém fibras de vidro em sua composição, usada em áreas que requerem maior segurança contra incêndios.

Apesar de existirem placas específicas para cada tipo de ambiente, inclusive úmidos, o drywall não é um material recomendado para áreas externas. – Foto: Schutterstock
Apesar de existirem placas específicas para cada tipo de ambiente, inclusive úmidos, o drywall não é um material recomendado para áreas externas. – Foto: Schutterstock
Foto: Viva Decora

Vantagens do Drywall

Versatilidade no Acabamento: Esse material aceita diversos acabamentos, como pintura e revestimentos. Além disso, pode ser trabalhado para criação de recortes, curvas artísticas e até molduras, como o boiserie.

Projeto: Casullo Arquitetura (Aymah Arquitetura) | Foto: Adriano Pacelli
Projeto: Casullo Arquitetura (Aymah Arquitetura) | Foto: Adriano Pacelli
Foto: Viva Decora

Facilidade de Manutenção: Qualquer reparo nas tubulações elétricas é simplificado, permitindo alterações rápidas e com pouca sujeira.

Foto: Schutterstock
Foto: Schutterstock
Foto: Viva Decora

Adaptabilidade: Existem versões adequadas para áreas molhadas, como banheiros, e áreas quentes, como cozinhas, que são produzidas com aditivos que ajudam a prevenir a deterioração do material.

Foto: Schutterstock
Foto: Schutterstock
Foto: Viva Decora

Isolamento acústico: Uma das grandes vantagens do drywall é a possibilidade de aplicar o isolamento acústico. As paredes podem ser recheadas com mantas minerais, como lã de vidro, lã rocha ou placas duplas. Essa opção é perfeita para salas de TV e home theaters ou até mesmo para diminuir o barulho externo.

Foto: Schutterstock
Foto: Schutterstock
Foto: Viva Decora

Drywall: Versatilidade para Construção e Reforma

O Drywall também permite soltar a criatividade na etapa construtiva, com paredes divisórias, sancas que permitem a concepção de diferentes projetos de iluminação, além de nichos, prateleiras e aparadores decorativos. Com espessura mais fina do que as das paredes tradicionais, o drywall pode otimizar espaços, ganhando até 5% a mais em cada ambiente.

Foto: Schutterstock
Foto: Schutterstock
Foto: Viva Decora
O drywall é tão versátil, que permite até a criação de efeitos de profundidade nas paredes, conferindo elegância aos ambientes – Foto: Schutterstock
O drywall é tão versátil, que permite até a criação de efeitos de profundidade nas paredes, conferindo elegância aos ambientes – Foto: Schutterstock
Foto: Viva Decora
Molduras lineares para o forro são algumas das diversas possibilidades criadas com drywall. – Projeto de arquitetura: Daniela Funari | Foto: Julia Novoa
Molduras lineares para o forro são algumas das diversas possibilidades criadas com drywall. – Projeto de arquitetura: Daniela Funari | Foto: Julia Novoa
Foto: Viva Decora

Curiosidades sobre o Drywall

  • Drywall Baritado: Especial para locais que necessitam isolamento de radioatividade, como salas de radiografia e exames laboratoriais.
  • Drywall Impermeável: Resistente à umidade, é ideal para áreas expostas à água, e utilizado frequentemente em stands de venda de empreendimentos imobiliários.
  • Drywall Rosa: Resistente ao fogo, bloqueia o avanço das chamas por até 90 minutos. Está presente em ambientes com saídas de emergência.
  • Isolamento Acústico: Possibilita rechear as paredes com mantas minerais como lã de vidro ou lã de rocha, antes de aplicar o drywall. O que torna os ambientes mais silenciosos, pois reduz os barulhos externos.

Apesar de ser uma solução prática e versátil para construção, é importante lembrar que paredes drywall suportam até 20kg, e que qualquer sobrecarga deve ser prevista no projeto para que a estrutura seja reforçada.

Agora que você sabe mais sobre o assunto, aproveite para se inspirar com os projetos de grandes arquitetos e ainda encontrar profissionais para realizar sua obra em nosso portal. E não esqueça que na  Viva Decora Shop, você encontra tudo para o seu lar!

Fonte: Viva Decora
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade