0

Quatro linhas capilares que cumprem o que prometem

O Terra testou quatro linhas de marcas distintas e vai jogar com a verdade para falar o que achou dos produtos

8 jul 2020
13h20
atualizado às 13h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em meio ao fechamento de salões de beleza, quem não estava acostumado a cuidar dos cabelos em casa precisou se adaptar. Pegar umas receitinhas na internet, comprar uma linha de cuidados mais aprofundados... Não foi o caso dessa que vos fala. 

Quando eu morava com a minha mãe, economia era a palavra de ordem. Ou seja, nada de salão de beleza. Quer hidratar? Em casa! Vai para uma festa? Faz uma trança raiz. Mas, confesso que nunca fui muito boa em cuidar de modo aprofundado dos meus cabelos. Era o de sempre: xampu, condicionador, às vezes uma máscara de hidratação e secador de cabelos -- a depender do meu humor. Nesse período, eu morava em Salvador e a umidade deixava meus fios muito arrepiados e o volume, meu grande problema desde sempre, se intensificava. 

Agora, em São Paulo, meus cabelos deram uma trégua ao fracasso graças ao clima mais ameno, mas eu sigo sem muitas habilidades capilares. Por isso, escolher uma linha de xampus e condicionadores se tornou algo fundamental para facilitar a minha vida corrida. E eu, como aprendi que dinheiro não dá em árvore, gosto de investir em produtos que não são cilada. Por isso, reuni quatro linhas que recebi ou comprei, testei e gostei. Bora lá para o fact checking capilar? Spoiler: lê até o final, que vai ser sucesso.

Shampoos, condicionadores e máscaras de hidratação: o Terra testou e te conta o que achou
Shampoos, condicionadores e máscaras de hidratação: o Terra testou e te conta o que achou
Foto: Luiza Leão / Terra

So Pure, da Keune

Linha vegana e mais natural da Keune, a So Pure foi uma surpresa e tanto. Isso porque eu já tinha usado produtos da Keune anos atrás e, obviamente, ficaram na minha memória com um dos lemas da marca: qualidade. Só que essa linha vegana não me lembra "cheiro de salão de beleza". Não tem aroma de silicone ou produtos artificiais, não que isso seja ruim. Mas é que os produtos que eu testei recentemente (shampoo, condicionador spray e máscara de hidratação) da linha reformulada têm um cheirinho de natureza, de ervas mesmo. Então, mesmo que em confinamento, usar esses produtos me trouxe uma sensação de bem estar emocional, para além do resultado nos cabelos que, por sinal, foram ótimos. 

Eu acho a fragrância super importante. Aprendi na terapia que existe uma técnica de atenção plena que ajuda a gente no relaxamento e no controle da ansiedade. É como se fosse uma "meditação" voltada para o aqui e o agora. Então, na hora do banho, as fragrâncias me presenteavam com um frescor calmante e deixavam a hora do banho mais terapêutica. 

Apesar de ecologicamente mais responsáveis, as linhas veganas penam a me agradar. Mas esse não foi o caso da So Pure, da Keune. O "cheirinho verde" me conquistou, assim como o acabamento leve que a linha proporcionou ao meu cabelo. Deu uma leveza aos fios. O xampu faz espuma, a hidratação é daquelas de 3 minutos, o que é uma maravilha, e o condicionador spray é de uma praticidade sem tamanho: ajuda a desembaraçar sem muito esforço. Hidratação boa e em pouco tempo. T-u-d-o!

Segundo a Keune, a linha "desenvolvida através de estudos da fitoterapia, aromaterapia e homeopatia, a composição do item foi renovada e, agora, produz mais espuma e cremosidade, garantindo uma experiência única e sofisticada na hora do banho". Não foi mera propaganda da marca. Sem sombra de dúvidas, voltaria a comprar. 

Resumo final: Fragrância refrescante, fios mais soltos, fortalecidos e hidratados.

Siàge Combate o Frizz, de Eudora

Dá até para começar a falar da linha chamando o lançamento de Eudora, marca do grupo Boticário, como "milagreira". Juro que eu achei que receberia em casa uma daquelas promessas milagrosas. Mas não era cilada, Bino. Muito pelo contrário. Não é que o tratamento domou, de verdade, os fios revoltados?

Logo no primeiro uso da linha Siàge Combate o Frizz, senti meus cabelos extremamente macios e com menos frizz. Nunca tinha testado um produto para combatê-los, confesso, nem testado produtos capilares de Eudora. Então, minha primeira experiência foi maravilhosa. Senti meus fios mais alinhados, macios, hidratados e brilhosos. 

Linha Siàge Combate o Friz
Linha Siàge Combate o Friz
Foto: Divulgação

Acho que a Eudora foi assertiva em produzir uma linha tão completa, que promove um ciclo de hidratação, mas sem dar muito trabalho. Iniciei o tratamento com o xampu, que tem uma textura muito cremosa (é muito cremosa mesmo!), passei para a hidratação cheirosíssima e finalizei com o condicionador. Já era tanta maciez que nem quis usar muito o creme de pentear. Temi que meus fios ficassem pesados, mas o temor caiu por terra.

E o tal do spray mágico que abaixa o frizz foi o que me deixou intrigada. O negócio lembra um laquê, mas não deixa o cabelo grudadinho. Dá um acabamento de verniz, deixando os fios brilhosos. Fora que ressalta a fragrância da linha. Minha crítica é só para os 50 ml do produto. É tão bom que dá medo de acabar logo. Poderia vir mais na embalagem, né? Não sei se são exatas 72 horas sem frizz, mas umas 48h eu digo que são mesmo. 

Resumão: Hidratação profunda, combate o frizz e deixa os cabelos muito cheirosos.

Novex Divino Liso Milagroso, de Embelleze

Patrocinadora do Big Brother Brasil 20, a Embelleze foi alvo de críticas pelas sisters do programa. Algumas reclamavam que o cabelo estava seco, sem brilho. Não conseguirei precisar o que houve, mas talvez as participantes não tivessem o hábito de cuidar dos cabelos com linhas mais baratas, disponíveis em supermercados e farmácias. Quem sabe? Acontece que eu, "mortal", não tenho muitas críticas à linha Divino Liso Milagroso. A única é que eu acho um nome um pouco exagerado. Mas só isso.

O produto em si, ficou ótimo no meu cabelo. Como tenho muito volume, acho que o principal ganho foi a máscara de hidratação promover uma desarmada nas madeixas, que ficaram bem menos pesadas. São poucos produtos de linhas econômicas que conseguem me proporcionar o efeito. 

Linhas So Pure, Keune, e Divino Liso Milagroso, de Embelleze
Linhas So Pure, Keune, e Divino Liso Milagroso, de Embelleze
Foto: Divulgação

Fui perguntar para o especialista Marcos Coraza, hairstyle do Gilberto Cabeleireiros, salão nos Jardins, em São Paulo, se o produto poderia ter o efeito alisante nos fios. "A formulação não é para um alisamento severo ou químico e sim, com seus componentes, haverá sim um resultado com menos volume devido ao PH ácido e seus emolientes, resultando uma certa ordenação dos fios e um sensorial mais gostoso", explica. 

Segundo ele, o produto terá resultado profundo em, por exemplo, cabelos alisados, como é o meu caso. "Se os cabelos são quimicamente tratados, ou seja, coloração, luzes, progressivas, alisamentos, os resultados são mais visíveis pois são fios mais porosos e carentes de nutrição", acrescenta.

Além da hidratação da Novex, adorei o leave-in. Ajuda realmente a desembaraçar e tem proteção contra o calor do secador de cabelos. 

Resumão: Ajuda a selar os fios, mas sem alisar, hidrata e protege contra o calor do secador.

Ogx Argan Oil of Morocco, de Johnson &Johnson 

O nome é gringo, o produto é importado do Reino Unido, mas tá em quase todas as farmácias. O Ogx Argan Oil of Morocco é daqueles produtos que chamam a atenção na prateleira e agora na pandemia eu sanei minha curiosidade e resolvi testar. Foi um presentão para os meus cabelos. Só o xampu e condicionador promoveram uma hidratação sem muito mistério, graças ao óleo de argan. Não precisei fazer muito e o resultado foi excelente.

Não sei se para cabelos muito oleosos o resultado será tão positivo. Também não sei se seria tão feliz com o xampu caso ainda morasse no Nordeste, onde sofria com bastante oleosidade por causa do calor. Sei que aqui no Sudeste, meus cabelos ficaram brilhosos e macios, conforme promete a embalagem.

Resumão: Hidrata sem deixar oleoso, é um importado fácil de ser encontrado e não exige muito trabalho para o resultado final ser dos bons. 

Ogx Argan Oil of Morocco, de Johnson &Johnson: testamos e gostamos
Ogx Argan Oil of Morocco, de Johnson &Johnson: testamos e gostamos
Foto: Reprodução

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade