PUBLICIDADE

Resiliência: o que é, dicas para desenvolvê-la e sua ligação com bem-estar

Competência bastante valorizada no mundo corporativo, ela também tem tudo a ver com saúde mental: saiba seu significado e como aprimorá-la

12 fev 2024 - 05h00
(atualizado em 20/2/2024 às 09h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Resiliência: ser resiliente ajuda a superar desafios profissionais sem se descuidar do próprio bem-estar
Resiliência: ser resiliente ajuda a superar desafios profissionais sem se descuidar do próprio bem-estar
Foto: Donson/peopleimages.com / Adobe Stock

Ainda que muitos atribuam a resiliência apenas ao ambiente de trabalho, ela é fundamental para lidar com a vida pessoal de forma mais leve, objetiva e racional, sem deixar de lado o autocuidado. Mas por quê?

Se de um lado é preciso equilibrar as responsabilidades do cotidiano, do outro é necessário cuidar-se para minimizar o impacto de aspectos inevitáveis da jornada, como estresse e ansiedade. Por isso, gestão do tempo, inteligência emocional e equilíbrio são fatores primordiais no contexto de alguém resiliente.

Profissionais pelo mundo todo, principalmente empreendedores, incluindo brasileiros, dizem ter dificuldades para se desconectar do trabalho mesmo em momentos que deveriam ser para lazer. Enquanto isso, levantamentos apontam para o número de casos de Burnout e o volume de afastamentos do trabalho em decorrência de problemas relacionados à saúde da mente. Entenda nos web stories o que é FOSO (Fear of Switching Off)

Férias: profissionais têm medo de se desconectar do trabalho; entenda Férias: profissionais têm medo de se desconectar do trabalho; entenda

Uma pesquisa realizada em 2023 pela Ipsos revelou, inclusive, que mais da metade dos brasileiros diz se preocupar com a saúde mental, claro sinal de uma sociedade cada vez mais inclinada a cuidar de seu bem-estar físico e mental.

O que é resiliência e quais seus componentes? 

Não se trata apenas de enfrentar desafios, mas adaptar-se às difíceis situações de uma nova realidade e superá-las de modo sereno, mesmo em meio à enorme pressão é o que faz dessa habilidade significativa para o trabalho e a vida pessoal, contudo diversos fatores colaboram diretamente para a construção de alguém resiliente, como:

Autoconhecimento 

Conhecer-se bem é vital tanto para a jornada profissional quanto para a vida pessoal. Compreender as próprias emoções não apenas ajuda em ocasiões específicas e gatilhos de estresse, evita que as emoções dominem, o que abre caminho para decisões racionais e o florescimento da autoconfiança. 

Otimismo e persistência 

Em face dos desafios, os resilientes mantêm uma visão positiva, confiantes sobre si mesmos e suas capacidades, qualidades conectadas ao autoconhecimento.

Flexibilidade e adaptação 

Um conceito emprestado da física, onde a mola mesmo com a grande força lançada sobre ela, consegue retornar ao estado original, faz referência à resiliência. Um material rígido pode não suportar um grande tensionamento, o que faz da adaptação fundamental para passar pelos períodos turbulentos e retomar um estado de calma sem grandes consequências.  

Resiliência na vida profissional 

No cenário corporativo, ela não é apenas uma vantagem competitiva, é um elemento de destaque com aplicação diária. Ela auxilia na gestão da pressão, na adaptação, sobretudo as que põe a inteligência emocional à prova, e torna a perda de foco mais difícil: muitas vezes o contexto de incerteza e agitação pode dispersar e tornar turvas as metas, mas com resiliência os objetivos tendem a permanecer claros. 

Resiliência, inteligência emocional e autocuidado são essenciais para o trabalho e a saúde mental
Resiliência, inteligência emocional e autocuidado são essenciais para o trabalho e a saúde mental
Foto: Davide Angelini / Adobe Stock

Resiliência na vida pessoal  

Ser resiliente também é importante para alcançar uma vida plena e com mais qualidade, pois, de certa forma, trabalho e lazer se conectam. Quando o entorno afeta as emoções, o bem-estar é diretamente atingido: os afastamentos do trabalho em razão de transtornos ligados à saúde mental aumentaram 38% no Brasil em 2023 (dados do Ministério da Previdência Social). 

Na vida pessoal, é essencial garantir um tempo para si, assim é imprescindível manter-se atento aos elementos abaixo como uma forma de autocuidado recorrente: 

  • Ter estabilidade emocional: com resiliência, as pessoas tendem a ter maior controle sobre suas emoções.  
  • Relacionamentos fortes: com relações mais duradouras, chega também um aprofundamento da conexão, estabelecendo unidade e habilidades conjuntas para superar desafios com espírito de equipe, ouvindo o outro. 
  • Bem-estar como um pilar: uma vez que se entende o peso do bem-estar para a própria vida, passa-se a valorizar cada vez mais os momentos de paz e tranquilidade, tornando-o um elemento inegociável. 

5 dicas para cultivar a resiliência na vida 

  1. Pratique o autocuidado diariamente: tenha um tempo para si, aproveite bem os momentos e valorize-os e mantenha-se atento sobre sua alimentação e saúde mental e física. 
  2. Esteja ciente sobre as próprias habilidades e se desenvolva: saiba quais são os pontos de atenção e busque aprimorá-los: estude, busque orientação de pessoas que admira ou que confia e prepare-se, não fique amarrado aos padrões, tente pensar fora da caixa. 
  3. Cultive boas relações: valorize as pessoas que caminham contigo, esteja sempre aberto a ouvir, mas saiba extrair aquilo que é valioso para você enquanto pessoa e profissional, mesmo que seja um feedback duro de receber, e aprofunde as relações com inteligência, cuidando das emoções.  
  4. Crie uma mentalidade otimista: mantenha-se positivo mesmo diante das adversidades e, quando elas chegarem, lembre-se da sua preparação e das relações fortes que criou ou pode criar. O suporte emocional faz diferença na vida de todos. 
  5. Aprenda com os erros: entenda qual aprendizado eles deixaram e faça deles ferramentas para autodesenvolvimento e não autossabotagem.

Atma: o app de meditação para sua jornada de autocuidado 

Com mais de 1000 meditações guiadas por especialistas, o aplicativo é um parceiro diário para bem-estar e autoconhecimento. Explore objetivos como diminuir o estresse, controlar a ansiedade, se conhecer melhor e aceitar mudanças, e tenha uma vida mais equilibrada e com momentos de paz interior. 

Baixe grátis

ATMA Seu app de meditação
Compartilhar
Publicidade
Publicidade