PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Exercício e dieta são os segredos para a longevidade; entenda o motivo

São cuidados necessários para desfrutar da terceira idade com leveza

5 abr 2023 - 08h00
Compartilhar
Exibir comentários

Chega a terceira idade, que automaticamente traz o receio da sarcopenia, processo de perda de massa muscular. São vários questionamentos que se criam na cabeça de um sujeito idoso e que denotam medo. No entanto, existe uma "fórmula" para viver bem na terceira idade: exercício e dieta são o match para o envelhecimento tranquilo.

Exercício + dieta - Shutterstock
Exercício + dieta - Shutterstock
Foto: Sport Life

Os detalhes do match exercício e dieta

"Mas não é qualquer exercício. Enquanto caminhar é a forma mais comum de exercício e é bom para nossa saúde física, emocional e social, caminhar sozinho não reduz nosso risco de quedas ou sarcopenia reversa. A chave para o tratamento esse mal é conhecido como treinamento de resistência progressiva (PRT), que envolve um aumento gradual, repetido e direcionado de peso ou 'resistência' ao longo do tempo", disse o geriatra, Ph.D. e pesquisador da Universidade de Melbourne, da Austrália, Dr. Jesse Zanker.

São inúmeras causas de sarcopenia. Acredita-se que a inflamação à medida em que se envelhece desempenha um papel fundamental. As doenças como a covid-19 ou infecção por influenza também aceleram a perda de massa muscular.

Ainda assim, pesquisadores e consumidores concordam que os exercícios e dieta são as bases para o envelhecimento saudável, mesmo que ainda o conhecimento sobre o distúrbio seja baixo entre o público e os profissionais de saúde.

"Os especialistas concordaram com a evidência de que a abordagem principal para a sarcopenia é simples - exercício e dieta. Apesar do progresso na pesquisa médica e do foco particular das empresas farmacêuticas voltadas para doenças crônicas da velhice, a prescrição de exercícios continua sendo o padrão-ouro", complementa Jesse.

Acréscimos

Zanker citou que os técnicos em consumo apresentaram opiniões diferentes dos especialistas em tópicos sobre a duração de exercícios em que gostariam de praticar e quais resultados eram mais importantes.

Os impactos da sarcopenia na saúde mental, por exemplo, foram relatados como mais preocupantes do que a capacidade reduzida de cumprir tarefas domésticas. Isso gerou reflexões nos especialistas sobre a razão pela qual a sarcopenia permanece amplamente desconhecida na esfera pública. A resposta é que até o momento os especialistas não buscaram a opinião das pessoas que vivem.

Além disso, o doutor reforça que qualquer pessoa preocupada com a sarcopenia deve consultar um médico. "Nunca é tarde demais para começar a fazer mudanças positivas e nunca é cedo demais para começar", destaca ele.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Publicidade