PUBLICIDADE

5 hábitos que aceleram o envelhecimento da área dos olhos

Dermatologista explica como evitar rugas e linhas de expressão nessa região

6 mai 2024 - 15h33
(atualizado às 21h29)
Compartilhar
Exibir comentários

Genética, exposição solar, poluição, estresse, noites mal dormidas e marcas de expressão, adicione tudo isso e o resultado são "pés de galinha", olheiras e bolsas ao redor dos olhos. Ninguém está imune ao envelhecimento natural da pele, mas alguns maus hábitos potencializam o quadro de forma substancial. 

Região dos olhos é a área mais afetada pelo envelhecimento precoce
Região dos olhos é a área mais afetada pelo envelhecimento precoce
Foto: Tinatin | Shutterstock / Portal EdiCase

Por isso, a Dra. Paola Pomerantzeff, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, aponta os maus hábitos mais comuns e dá dicas de como evitar e amenizar o envelhecimento precoce dessa região. Confira! 

1. Esfregar a área dos olhos 

É de conhecimento geral que devemos remover toda a maquiagem antes de dormir. Porém, remover não quer dizer esfregar, mesmo que algumas sombras e rímeis à prova d'água sejam teimosos em sair da pele.

"Remover a maquiagem de forma indelicada pode causar danos à pele delicada dos olhos, o que pode resultar em olheiras. Utilize um removedor de maquiagem à base de óleo. Uma solução micelar também pode fazer o trabalho sem precisar enxaguar o rosto", afirma a Dra. Paola Pomerantzeff. 

2. Não utilizar cremes 

Um creme para os olhos é um dos componentes mais importantes da sua rotina antienvelhecimento. Segundo a Dra. Paola Pomerantzeff, a pele ao redor dos olhos é a mais fina de todo o corpo, o que a torna muito mais sensível e suscetível a danos, e, além disso, piscamos milhares de vezes ao dia, ou seja, esse movimento constante gera os primeiros sinais de envelhecimento.

Existem diferentes tipos de cremes para a região dos olhos
Existem diferentes tipos de cremes para a região dos olhos
Foto: Ground Picture | Shutterstock / Portal EdiCase

3. Utilizar o creme errado 

Os cremes para a região dos olhos são distintos e criados para diferentes funções. "Para linhas finas ou pés de galinha, procure um creme que contenha retinol. Para olheiras, o ideal é utilizar cremes que contenham agentes clareadores como vitamina C, alcaçuz e niacinamida; vitamina K e arnica também são eficazes para aliviar o inchaço e melhorar a aparência da descoloração", explica a dermatologista. 

No caso dos inchaços e bolsas ao redor dos olhos, além de reduzir o consumo de alimentos salgados e álcool - principais culpados por acúmulo de líquidos sob os olhos -, a médica recomenda utilizar um creme que contenha cafeína. "Ela estimula a circulação e contrai os vasos sanguíneos sob a pele, diminuindo a aparência dos olhos inchados. Como antioxidante, também protege a pele dos danos causados pelo sol", completa a Dra. Paola Pomerantzeff. 

4. Aplicar o creme de maneira incorreta

A maneira de aplicar o creme também faz grande diferença. Conforme explica a dermatologista, a maneira correta é: "Depois de lavar o rosto e antes de aplicar o sérum e o hidratante, use uma quantidade de creme para os olhos ou gel do tamanho de uma ervilha. Aguarde alguns minutos antes de aplicar seu protetor solar ou maquiagem para garantir que o produto seja completamente absorvido."

5. Alimentação errada 

Um estilo de vida saudável continua sendo a melhor defesa contra os olhos envelhecidos. "Em sua dieta, verifique se há alimentos ricos em nutrientes necessários para a pele mais brilhante e mais jovem ao redor dos olhos: a vitamina K, que incentiva a produção de colágeno e o crescimento de novas células, a vitamina C, que ilumina a pele e previne mais danos, e a vitamina B, que aumenta a produção de ácidos graxos, o que ajuda a pele a reter a elasticidade", finaliza a dermatologista.

Por Maria Claudia Amoroso 

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade