PUBLICIDADE

6 erros que podem levar ao temido efeito sanfona

Você consegue perder peso, mas depois ganha tudo de novo? Saiba como evitar o tal do efeito sanfona de uma vez por todas

30 abr 2024 - 11h00
Compartilhar
Exibir comentários

"Efeito sanfona" é um termo usado para descrever aquela situação quando a pessoa fica presa em um ciclo de ganhar e perder peso. Esse é um cenário bem comum e que acaba até desmotivando muitas pessoas a continuarem na jornada de emagrecimento. Mas por que ele ocorre?

Veja como evitar o efeito sanfona
Veja como evitar o efeito sanfona
Foto: Shutterstock / Alto Astral

"Geralmente, o efeito sanfona acontece quando alguém faz dieta restritiva para perder peso rapidamente e, em seguida, volta a comer normalmente (ou até exageradamente), o que leva ao ganho de peso. Isso ocorre devido à redução do metabolismo, alterações hormonais, compulsão alimentar e falta de mudanças de estilo de vida", explica a nutricionista Elaine Pádua.

Muitas pessoas se perguntam como evitar o temido problema, e Elaine explica que a forma mais eficaz de sair do efeito sanfona é adotando uma abordagem de perda de peso sustentável, focada em hábitos alimentares saudáveis, exercícios regulares e controle do estresse.

Mas existem erros que são os principais culpados pelo efeito sanfona e devem ser evitados. A seguir, veja quais são eles, segundo a profissional:

Dietas extremamente restritivas

Dietas que cortam drasticamente calorias ou grupos alimentares podem desacelerar o metabolismo e levar à perda de massa muscular. Isso facilita o reganho de peso.

Falta de mudanças de hábitos

Não fazer mudanças duradouras nos hábitos alimentares e no estilo de vida pode levar ao retorno aos comportamentos que causaram o ganho de peso inicial. Tome muito cuidado para não retornar aos hábitos ruins!

Rápida perda de peso

Perder peso rapidamente muitas vezes traz perda de músculo e metabolismo mais lento. Assim, há um provável reganho de peso quando os hábitos alimentares normais voltam.

Falta de exercício físico

A atividade física regular é crucial para manter o peso perdido e reduzir o risco de reganho de peso. Mesmo após o emagrecimento, essa rotina de exercícios deve apenas sofrer adaptações, não acabar.

Comer emocionalmente

Algumas pessoas usam os alimentos como uma forma de lidar com emoções, o que não é saudável e pode levar a comer em excesso e ganhar peso. Esse problema, aliás, ocorre especialmente após períodos de restrição alimentar, o que mostra como dietas severas demais realmente podem ser um problema.

Se perceber que está fazendo isso, procure ajuda psicológica para entender as motivações por trás do problema e como solucioná-lo.

Não monitorar o progresso

Não acompanhar o peso, a alimentação e os exercícios pode ser um problema. Assim, você não vai ter tanta ideia de quando está cometendo erros e até já ganhando um certo peso de volta. Ou seja, não deixe de monitorar o seu progresso a cada semana.

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade