PUBLICIDADE

SP: feira sobre resíduos sólidos deve movimentar R$ 1 bilhão

24 set 2013 - 18h44
(atualizado às 18h46)
Compartilhar
Exibir comentários

Phil Cumming, chefe de sustentabilidade do Comitê Internacional das Olimpíadas de Londres, vem ao Brasil para falar de sua experiência na gestão dos resíduos sólidos gerados durante o evento esportivo. O britânico participa da RWM Brasil, versão nacional para a feira que ocorre há 45 anos em Birmingham, no Reino Unido, e que é a maior referência global da indústria de resíduos sólidos.

A organização espera que o evento, será realizado no Transamérica Expo Center, em São Paulo, em 1º e 2 de outubro, movimente R$ 1 bilhão. 

Um dos temas centrais na feira é a Política Nacional de Resíduos Sólidos Urbanos (PNRS), que determina o fim da destinação irregular de resíduos sólidos até agosto de 2014. Os participantes da RWM Brasil discutirão o que podem fazer os cerca de 3 mil municípios que ainda dão destino inadequado ao seu lixo para cumprir a legislação a tempo.

Participam ainda do evento Richard Benoy, ministro de Estado do Meio Ambiente Natural, Água e Assuntos Rurais do Reino Unido; Herman Huisman, conselheiro para Cooperação Internacional do Ministério de Infra Estrutura e Meio Ambiente do Reino dos Países Baixos; Sarney Filho, deputado federal pelo PV; Arnaldo Jardim, deputado federal pelo PPS; Ney Maranhão, diretor da Secretaria de Recursos Hídricos e Urbanos do Ministério do Meio Ambiente; Silvério Silvano, secretário municipal de Limpeza Urbana de São Paulo; Bruno Covas, secretário de Estado do Meio Ambiente, e Nelson Bugalho, vice-presidente da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb).

INFOGRÁFICO: O FIM DOS LIXÕES?

Política prevê a eliminação das unidades de destinação inadequada no Brasil, principalmente dos lixões, até 2014

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade