PUBLICIDADE

Nova frente fria avança no Sul, e Inmet coloca parte do RS, Santa Catarina e Paraná em alerta

Centro de meteorologia diz que pode haver temporais e ventos fortes no noroeste e nordeste do Rio Grande do Sul; já nos Estados vizinhos, os alertas abrangem todas as regiões

18 mai 2024 - 07h48
(atualizado às 08h29)
Compartilhar
Exibir comentários
Chuvas no Rio Grande do Sul
Chuvas no Rio Grande do Sul
Foto: Adriano Machado / Reuters

Uma nova frente fria avança pelo Sul desde a sexta-feira, 17. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) acendeu alertas de chuvas intensas e temporais para o noroeste e nordeste do Rio Grande do Sul, e todo o Estado de Santa Catarina e do Paraná até o fim da tarde deste sábado, 18, e a madrugada do domingo, 19.

Inmet acende alertas de chuva intensa e tempestade para o Sul
Inmet acende alertas de chuva intensa e tempestade para o Sul
Foto: Inmet/Divulgação / Estadão

O alerta de tempestade pega uma faixa entre sul, oeste e norte catarinense, passa pelo Vale do Itajaí e pela Grande Florianópolis; e chega até sudeste e centro oriental paranaense. Segundo o Inmet, os volumes de chuva podem ficar entre 30 e 60 mm/h, com ventos intensos, de 60 a 100 km/h, e possibilidade de queda de granizo.

Nas demais áreas, com alerta de chuva intensa, o Inmet aponta para volumes entre 20 e 30 mm/h, e ventos fortes, entre 40 e 60 km/h.

Inmet acende alertas de chuva intensa e tempestade para o Sul
Inmet acende alertas de chuva intensa e tempestade para o Sul
Foto: Inmet/Divulgação / Estadão

De acordo com o Climatempo, a frente fria espalha nuvens por todo o Sul, mas prevê chuva mais volumosa sobre o "norte gaúcho, incluindo a serra gaúcha, no oeste e sul de Santa Catarina".

O Estado vive sua maior tragédia climática desde que as chuvas começaram no fim de abril. Ao menos 154 pessoas morreram no Rio Grande do Sul, mas esse número ainda é considerado parcial e tende a aumentar ao longo dos próximos dias. Ainda há 96 desaparecidos e 806 feridos em decorrência das chuvas, conforme a Defesa Civil. Mais de 2,2 milhões de gaúchos foram afetados e há 540 mil desalojados.

O frio continua no RS e em SC, enquanto Sudeste e Centro-Oeste esquentam mais, diz a Climatempo. A frente fria se aproxima de São Paulo, mas, por ora, só aumenta a nebulosidade, e traz pancadas de chuva no Mato Grosso do Sul. O Inmet também acendeu alerta de chuvas intensas para o sudoeste e pantanal sul de Mato Grosso do Sul.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade