PUBLICIDADE

Deslizamento de terra deixa criança morta e feridos no interior do Amazonas

Há ao menos quatro moradores desaparecidos --três soterrados e um no rio

1 out 2023 - 13h48
(atualizado às 14h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Deslizamento de terra no interior do Amazonas
Deslizamento de terra no interior do Amazonas
Foto: Divulgação

Um deslizamento de terra na comunidade do Arumã, em Beruri, no interior do Amazonas, deixou uma criança morta e 10 pessoas feridas na noite desde sábado, 30. Segundo a defesa civil, há ao menos quatro moradores desaparecidos --três soterrados e um no rio. 

O desastre natural, conhecido na região como Terras Caídas, atingiu mais de 40 residências e afetou cerca de 200 pessoas. As causas da tragédia estão sendo investigadas, mas não chovia no local no momento do deslizamento. 

"As pessoas, na hora do desastre natural, se abrigaram na mata e, pela parte da manhã de hoje, já foram resgatadas, com ferimentos leves, que estão sendo atendidas na comunidade São Lázaro, onde foi montada toda uma logística para atender as vítimas”, afirmou o subtenente Emerson Silva, responsável pela 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Manacapuru.

Segundo ele, a equipe --que atua no local desde a noite de sábado-- montou uma base na Comunidade São Lázaro, que fica ao lado do local atingido, para coordenar os atendimentos.

Os trabalhos de resgate são coordenados pela Defesa Civil do Amazonas e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas(CBMAM), que enviou mergulhadores e especialistas habilitados para resgate das vítimas.

"Minha solidariedade e orações às famílias atingidas", disse o governador Wilson Lima, que determinou a ampliação das esquipes de buscas e assistência às vítimas. Cerca de 30 profissionais de Manacapuru e Manaus seguiram para a região.

"Estão indo combatentes, militares do quadro de saúde para dar apoio no que for necessário na área de enfermagem e médica. E nossas equipes estão indo ainda com várias outras equipes do Estado. O Governo do Amazonas está dando todo apoio que será importante nas ações tanto de cuidado das famílias, quanto nas ações de resgate”, disse o comandante de Bombeiros da Capital (CBC), Coronel Reinaldo Menezes.

Apoio humanitário 

A Secretária de Meio Ambiente também está dando apoio humanitário à comunidade Arumã, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Piagaçu Purus. 

O órgão vai entregar 150 cestas básicas, 150 kits de higiene pessoal, 100 garrafões de água de 20 litros e 180 frangos aos moradores, adquiridos com apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), do Ministério do Meio Ambiente e Mudança Climática.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade