PUBLICIDADE

Volkswagen Tiguan Allspace muda design e chega em 2022

Produzido no México, Volkswagen Tiguan Allspace mantém sete lugares e ganha novos equipamentos para se distanciar do inédito Taos

13 mai 2021 13h41
| atualizado às 13h52
ver comentários
Publicidade
Volkswagen Tiguan Allspace ganhou faróis inspirados no Golf.
Volkswagen Tiguan Allspace ganhou faróis inspirados no Golf.
Foto: Volkswagen

O Volkswagen Tiguan Allspace está de visual novo. A montadora alemã revelou a reestilização do SUV de sete lugares na Europa, quase um ano depois de mostrar a versão de cinco lugares. Além de modificações no design, o novo Tiguan Allspace também ganhou mais equipamentos e novidades pontuais no interior. O modelo será lançado nos EUA no segundo semestre deste ano, e não deve demorar muito para chegar ao Brasil.

Por fora, o visual do Tiguan Allspace seguiu a reestilização apresentada na configuração menor de cinco lugares. Na dianteira, o SUV ganhou um novo para-choque, que traz entradas de ar maiores do que as atuais. A grade também é nova, e assim como no irmão menor Taos, conta com um filete de led que liga os faróis. Estes, aliás, ganharam um novo esquema interno de luzes, e um prolongamento nas extremidades, como na oitava geração do hatch Golf. 

Tiguan Allspace ganhou novas lanternas de led.
Tiguan Allspace ganhou novas lanternas de led.
Foto: Volkswagen

Na lateral, as únicas novidades são as novas rodas de liga leve, que ganharam design inédito e podem ser de 17’’ a 20’’, dependendo do modelo escolhido. Na parte de trás, o para-choque ganhou mudanças pontuais na parte inferior, com um aplique que simula quatro saídas de escapamento. Além disso, as lanternas de led ganharam um novo esquema de luzes, e o nome Tiguan passou a ser posicionado de forma centralizada abaixo do logotipo da Volkswagen.

Volkswagen Tiguan Allspace: novo volante e central multimídia.
Volkswagen Tiguan Allspace: novo volante e central multimídia.
Foto: Volkswagen

Com capacidade para sete passageiros, o Tiguan teve apenas mudanças pontuais no interior. O volante é novo, e conta com o mesmo layout utilizado no Nivus. Além disso, o painel de instrumentos é sempre digital, e pode ter tela de 8’’ ou de 10’’, dependendo da versão. O Tiguan Allspace também ganhou carregador de celular por indução e a nova central multimídia MIB3. Ela é utilizada no Golf europeu e é compatível com as funções Android Auto e Apple CarPlay sem fio. No modelo produzido no México, é possível que a brasileira VW Play possa equipar o SUV. 

Em relação aos equipamentos, o novo Tiguan Allspace oferece de série faróis de led, bancos dianteiros aquecidos e alertas de colisão dianteira e traseira. Além disso, todas as versões exceto a de entrada oferecem o pacote IQ.Drive, que conta com uma série de assistências ao condutor. Dentre as funções, estão frenagem automática de emergência, monitoramento de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, controle de cruzeiro adaptativo e assistente de permanência em faixa. 

Tiguan Allspace oferece capacidade para sete passageiros.
Tiguan Allspace oferece capacidade para sete passageiros.
Foto: Volkswagen

Sob o capô, a versão europeia do novo Tiguan Allspace contará com o motor 1.5 turbo de 150 cv e 250 Nm de torque. As versões topo de linha terão o motor 2.0 turbo, que oferece 186 cv e 300 Nm na configuração mais em conta, e 245 cv e 370 Nm na mais cara, mesmos números que o novo Golf GTI. O câmbio é o automatizado de dupla embreagem DSG de sete marchas, e a tração é sempre integral. No modelo mexicano, a Volkswagen pode manter o mesmo conjunto mecânico do Tiguan atual. 

Produzido no México, o Tiguan Allspace não deve demorar para chegar ao país. Como o modelo reestilizado é esperado para o segundo semestre deste ano nos EUA, é provável que ele seja lançado no Brasil até o fim do ano, ou então no começo de 2022, somente com o motor 2.0 turbo para não canibalizar as versões mais caras do Taos. Por enquanto, o foco da Volkswagen é o lançamento do Taos, que chegará ainda em maio ou junho.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade