1 evento ao vivo

Volkswagen suspende produção no Brasil devido à pandemia

Devido ao agravamento da pandemia de coronavírus, Volkswagen do Brasil suspende produção de todas as fábricas por 12 dias

19 mar 2021
18h06
atualizado às 19h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Volkswagen do Brasil comunicou nesta sexta-feira (19) a suspensão de atividades relacionadas à produção de todas as suas fábricas no país, localizadas nos estados de São Paulo e do Paraná, a partir do dia 24 (quarta-feira), por 12 dias corridos. A paralisação vai até o dia 4 de abril. Segundo a montadora, a medida foi tomada para "preservar a saúde de seus empregados e familiares". 

Volkswagen suspende produção de todas as suas fábricas no Brasil devido ao agravamento da pandemia.
Volkswagen suspende produção de todas as suas fábricas no Brasil devido ao agravamento da pandemia.
Foto: VW / Divulgação

Nas fábricas serão mantidas apenas as atividades essenciais. Na área administrativa, os empregados da Volkswagen atuarão de forma remota. A paralisação da produção foi decidida em conjunto com os sindicatos das cidades onde a empresa tem fábricas. No total, a Volkswagen do BNasil tem 15 mil funcionários. 

Três das quatro fábricas da Volkswagen se situam no Estado de São Paulo, que tem sido fortemente atingido pela Covid-19: São Bernardo do Campo (onde produz os modelos Polo, Virtus, Nivus e Saveiro), Taubaté (Gol, Voyage e Up) e São Carlos (motores). No Paraná, a fábrica de São José dos Pinhais produz dois modelos (T-Cross e Fox).

A paralisação de 12 dias também será aproveitada para o recebimento de componentes, que está em falta em todo o mundo. Haverá impacto na colocação dos carros da Volks no mercado, mas isso deverá ser sentido somente em abril. Até o dia 19, as vendas dos modelos produzidos no Brasil eram as seguintes: Gol 3.955, T-Cross 3.369, Nivus 2.637, Voyage 2.713, Polo 1.900, Saveiro 1.783, Virtus 1.646, Fox 1.644, Up 432.

Veja também:

Volkswagen Taos, o terror do Compass, está pronto!
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade