0

Stellantis confirma novo modelo da Citroën em Porto Real

Ao comemorar 20 anos da fábrica de Porto Real (RJ), Stellantis anuncia novo modelo, que será um SUV baseado no novo Citroën C3

1 fev 2021
12h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Este é o novo Citroën C3 Aircross oferecido no mercado europeu.
Este é o novo Citroën C3 Aircross oferecido no mercado europeu.
Foto: Citroën / Divulgação

Duas semanas após assumir oficialmente as operações da Peugeot e da Citroën, o presidente da Stellantis América do Sul, Antonio Filosa, confirmou a fabricação de um novo modelo na fábrica de Porto Real (RJ). O anúncio foi feito nesta segunda-feira (1º) em comemoração aos 20 anos da fábrica.

“Desde 2019, foram investidos cerca de R$ 220 milhões na fábrica para a implementação de uma variante da nova plataforma global modular CMP, que dará origem a uma nova família de veículos”, disse o presidente da Stellantis. O primeiro modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre deste ano. Embora não tenha dito o nome do carro, trata-se de um SUV compacto baseado no novo C3, a exemplo do que aconteceu com o Cactus em relação ao C4.

A unidade industrial de Porto Real da Stellantis, composta por uma fábrica de veículos e uma de motores, foi fundada em 1º de fevereiro de 2001, iniciando em seguida a fabricação de modelos das marcas Peugeot e Citroën, sendo pioneiros o Peugeot 206 e o Citroën Xsara Picasso. No ano seguinte, em 2002, deu início à fabricação de motores.

Projeção do que pode ser o novo SUV baseado no Citroën C3 feito por um site indiano.
Projeção do que pode ser o novo SUV baseado no Citroën C3 feito por um site indiano.
Foto: Indian Autos Blog / Reprodução

“Ao longo dessas duas décadas, a fábrica de Porto Real tem recebido investimentos constantes em processos e sistema de produção e no desenvolvimento de pessoas e talentos, a fim de levar o melhor em qualidade a seus consumidores”, afirmou Antonio Filosa. “Além disso, com sua grande vocação exportadora, ela tem gerado importantes divisas para a região Sul Fluminense e para o País, sendo ainda um importante polo gerador de renda e de emprego para toda a cadeia automotiva local."

A implementação da variante da plataforma CMP (Common Modular Platform) em Porto Real acelerou a transformação industrial que já vinha ocorrendo na planta há alguns anos. A CMP é uma plataforma modular flexível, que pode ser usada como base para a produção de veículos dos segmentos B e C (compactos e médios) em hatches, sedãs e SUVs. Além disso, ela é multienergia – a combustão ou elétrica. Também apresenta menores níveis de vibração e maior conforto acústico e térmico. Sua introdução complementou outras fases importantes de investimentos constantes para tornar a unidade ainda mais eficiente, reduzindo seus custos de produção e aumentando sua competitividade.

“Entre 2016 e 2018 investimos cerca de R$ 580 milhões para manter a fábrica de veículos de Porto Real cada vez mais moderna e dotada de alta competitividade, com a adoção de inéditos processos industriais e de várias novas tecnologias em preparação para o lançamento do C4 Cactus”, afirmou Jean Mouro, Vice-Presidente Sênior de Operações Monozukuri da América do Sul. “Em 2019, essa transformação se acelerou com o lançamento do Peugeot  2008. Como resultado, em 2020, Porto Real chegou a figurar por duas vezes como a top 1 no ranking mensal mundial de qualidade envolvendo todas as fábricas da empresa antes da fusão que originou a Stellantis.”

Fábrica da Stellantis em Porto Real: por enquanto, fabrica modelos da Citroën e da Peugeot.
Fábrica da Stellantis em Porto Real: por enquanto, fabrica modelos da Citroën e da Peugeot.
Foto: Citroën / Divulgação

 

“A fábrica de motores é outro grande exemplo de transformação”, segundo Moro. “Entre 2017 e 2018, foram investidos cerca de R$ 56 milhões para colocar em operação uma linha muito moderna e totalmente nova de fabricação de virabrequins, bem como ampliamos nossa linha de blocos e cabeçotes. Hoje, os motores e os virabrequins têm destinação tanto para o mercado nacional como para exportação.”

Nestes 20 anos de existência, a fábrica de Porto Real já produziu mais de 1,7 milhão de veículos, de 16 modelos diferentes, entre as marcas Peugeot e Citroën, além de mais de 2 milhões de motores. Atualmente, fabrica o Peugeot 2008 e os Citroën Cactus, C3 e Aircross, além dos motores EC5 1.6 a gasolina e EC5 EAT6 1.6 flex.

 

Veja também:

Novo Nissan Kicks 2022 dá um salto de qualidade
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade