0

Ford Ranger terá versão capaz de fazer 33 km/l de gasolina

Ford confirmou uma nova versão híbrida para a picape Ranger 2.3, com 367 cv e consumo de 3 litros a cada 100 km. Veja onde ela será vendida

22 fev 2021
12h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto da nova Ford Ranger Raptor publicada pelo Car Expert.
Foto da nova Ford Ranger Raptor publicada pelo Car Expert.
Foto: Car Expert / Reprodução

A picape Ford Ranger terá em 2024 uma versão capaz de fazer 33 km/l de gasolina. Trata-se de um a versão híbrida baseada no motor 2.3, que terá uma potência combinada de 367 cavalos e um torque de 680 Nm. Essa versão da Ranger faz parte da ofensiva da Ford de ter apenas carros híbridos e elétricos na Europa. Inicialmente, a Ranger híbrida será vendida na Austrália. Não está claro se esta versão será vendida no Brasil.

A notícia da Ranger híbrida que tem um consumo de 3 litros de gasolina a cada 100 km (33,3 km/l) foi dada por um site australiano, Car Expert. Como a Ford mudou totalmente sua estratégia para o Brasil, apostando em veículos de maior valor agregado, a Ranger híbrida pode vir para o mercado sul-americana. Atualmente, as picapes mais vendidas são a diesel, mas uma versão que faz 33 km/l de gasolina pode mudar essa preferência dos consumidores.

Vale dizer que a Ranger do mercado europeu é fabricada na África do Sul. Segundo uma reportagem assinada por Scott Collie no Car Expert, um porta-voz da Ford Europa disse que a Ranger faz parte da estratégia de veículos comerciais com emissão zero. Nesse caso, é certo que a Ranger receberá inicialmente um sistema híbrido plug-in, ganhando mais tarde uma versão totalmente elétrica. “É muito cedo para discutir quais impactos a mudança da Ford Europa terá em outros mercados”, disse o porta-voz.

Foto da nova Ford Ranger Raptor publicada pelo Car Expert.
Foto da nova Ford Ranger Raptor publicada pelo Car Expert.
Foto: Car Expert / Reprodução

Segundo o Car Expert, a Ford Ranger híbrida plug-in utilizará um motor inédito para essa aplicação, ou seja, um 2.3 turbo a gasolina de quatro cilindros. A transmissão deve ser automática de 10 marchas com tração integral. Espera-se apenas um motor elétrico no sistema híbrido da Ford Ranger.  

Em janeiro, a Ford emplacou 1.926 unidades da picape Ranger no Brasil. Nas primeiras três semanas de fevereiro, a Ranger teve apenas 757 vendas, o que demonstra que a picape média (produzida na Argentina) foi afetada pela queda de confiança do consumidor, após a Ford anunciar que não fabricaria mais carros no Brasil. 

Atualmente, a Ranger é vendida com motores 2.2 e 3.2, ambos turbo diesel. A versão de entrada com cabine simples custa R$ 163.490, enquanto a cabine dupla parte de R$ 171.590. Já a Ranger 3.2 mais acessível (versão Storm) custa R$ 200.390. A versão topo de linha (Limited) custa R$ 249.990. A nova geração da picape Ranger está sendo desenvolvida pela Ford na Argentina, com investimentos de US$ 580 milhões. 

 

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade