1 evento ao vivo

Comparativo: Renault Kwid Zen vence o Fiat Mobi Like

Dois subcompactos na faixa de R$ 40 mil disputam 700 pontos. Veja por que o Kwid ganhou esse comparativo, mesmo sendo R$ 1.600 mais barato

7 nov 2019
12h43
atualizado às 17h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Com a elevação de preço dos hatches compactos no Brasil, algumas montadoras decidiram apostar em modelos subcompactos, como é o caso do Caoa Chery QQ, Fiat Mobi, Volkswagen Up e Renault Kwid. Esses modelos possuem espaço interno e volume do porta-malas reduzidos, mas podem agradar quem procura praticidade para rodar no caos urbano. Embora sejam uma alternativa mais barata, os hatches subcompactos não são os líderes de vendas no Brasil, com participação de mercado inferior à de alguns modelos maiores, como Hyundai HB20 e Chevrolet Onix. 

O Renault Kwid tem entre-eixos 11,8 cm maior que o do Fiat Mobi.
O Renault Kwid tem entre-eixos 11,8 cm maior que o do Fiat Mobi.
Foto: Divulgação
O Fiat Mobi vem com apenas dois airbags.
O Fiat Mobi vem com apenas dois airbags.
Foto: Divulgação

O VW Up é o que possui melhor qualidade construtiva, mas tem baixo desempenho nas vendas por ficar numa faixa de preço mais elevada em relação aos concorrentes. Apesar de ser fabricado no Brasil, o Caoa Chery QQ (o carro mais barato do Brasil) ainda não conquistou os brasileiros, uma vez que emplacou menos de 40 unidades nos últimos meses. Os mais valentes nessa disputa são mesmo Renault Kwid e o Fiat Mobi, que são líderes disparados no segmento de subcompactos, mas ainda não atingiram o patamar de vendas dos compactos tradicionais. 

Separamos abaixo um comparativo entre o Fiat Mobi Like (R$ 41.990) e o Renault Kwid Zen (R$ 40.390), utilizando os critérios de notas do GUIA DO CARRO, para mostrar quem leva a melhor em cada item. Os itens avaliados (desempenho, consumo, segurança, conectividade, conforto, pacote de série e usabilidade) valem de 0 a 100 pontos e são os mesmos utilizados em nossos testes.

Desempenho

O Fiat Mobi e o Renault Kwid têm desempenho bem parecido. O hatch da marca italiana tem motor 1.0 de quatro cilindros com 75 cv de potência e 97 Nm de torque, enquanto que o francês adota propulsor 1.0 de três cilindros com 70 cv de potência e 96 Nm de torque. A aceleração de 0-100 km/h é superior no Mobi: 13,8 segundos contra 14,7 no Kwid. Porém, o Kwid é mais ágil para rodar na cidade, já que as relações peso/torque (8,1 kg/Nm) e peso/potência (11,1 kg/cv) são inferiores às do Mobi (9,6 kg/Nm e 12,4 kg/cv). 

  • Fiat Mobi – 20 pontos
  • Renault Kwid – 30 pontos
O Fiat Mobi tem vão livre do solo 2,3 centímetros menor.
O Fiat Mobi tem vão livre do solo 2,3 centímetros menor.
Foto: Divulgação

Consumo

O Renault Kwid Zen é 154 kg mais leve que o Fiat Mobi Like e isso favorece, além da relação peso/potência, o consumo de combustível. Com motor mais moderno, o hatch da marca francesa faz 14,9 km/l de gasolina na estrada e 15,6 km/l na cidade, segundo dados do Inmetro. O Mobi Like faz 14,3 km/l na estrada e 12,7 km/l na cidade. Isso indica que o Renault supera em circuito urbano o que o Fiat faz na estrada. Além disso, mesmo com um tanque muito maior (47 litros contra 38), o Mobi Like ganha do rival em apenas 4 km no alcance. O Kwid roda 593 km na estrada sem abastecer, enquanto o Mobi roda 597 km.

  • Fiat Mobi – 80 pontos
  • Renault Kwid – 100 pontos

Segurança

O Renault Kwid Zen supera o Fiat Mobi Like em segurança. Nenhum dos modelos é referência neste quesito, mas o francês conta com quatro airbags de série, ao passo que o italiano tem apenas dois. O Kwid também tem apoio de cabeça para os cinco ocupantes, enquanto que o Fiat possui o equipamento apenas para quatro passageiros. Nenhum dos subcompactos oferece cinto retrátil de três pontos para o ocupante do assento central traseiro. A nota do Latin NCAP é de três estrelas para o Renault Kwid e de apenas uma para o Fiat Mobi.

  • Fiat Mobi – 20 pontos
  • Renault Kwid – 60 pontos
O sistema de som é opcional no Fiat Mobi Like.
O sistema de som é opcional no Fiat Mobi Like.
Foto: Divulgação

Conectividade

Em termos de conectividade o Kwid Zen se destaca em relação ao Mobi Like, uma vez que, nas versões analisadas, o Renault oferece sistema de som de série com bluetooth, conexão USB, rádio e entrada auxiliar, ao passo que o Fiat só disponibiliza esses recursos como opcional no Kit Connect (R$ 1.590) ou no Kit Live On (R$ 1.690). O Mobi Like já é R$ 1.600 mais caro que o Kwid Zen, de modo que esses opcionais elevariam ainda mais essa diferença de preço. Os critérios do GUIA DO CARRO só levam em consideração equipamentos de série durante a avaliação dos veículos. Desta forma, o Renault vence essa disputa, mesmo com equipamento de áudio bastante simples.

  • Fiat Mobi – 0 ponto
  • Renault Kwid – 30 pontos
No kwid Zen o sistema de áudio com Bluetooth, entrada Aux e USB é equipamento de série.
No kwid Zen o sistema de áudio com Bluetooth, entrada Aux e USB é equipamento de série.
Foto: Divulgação

Conforto

Nesse item, são atribuídos 10 pontos para cada um nos seguintes equipamentos: ar-condicionado de duas zonas, câmbio automático, direção assistida, espaço interno (entre-eixos mínimo de 2,700 m), vidros dianteiros elétricos, freio de estacionamento elétrico, bancos de couro, encosto do banco traseiro rebatível, chave presencial e teto solar.

Nesse quesito, nenhum modelo leva vantagem já que, dos itens exigidos, ambos só contam com vidros elétricos dianteiros, banco traseiro com encosto rebatível e direção assistida. A diferença é que o Kwid Zen se destaca pela direção com assistência elétrica (no Mobi Like é hidráulica). 

  • Fiat Mobi – 30 pontos
  • Renault Kwid – 30 pontos

Pacote de série

Conforme já salientado, o GUIA DO CARRO não considera nenhum equipamento opcional como bônus na atribuição de notas, uma vez que, além de aumentar o preço do carro, pode não ser reconhecido na hora da venda. Neste item, para o segmento de hatches, atribuímos 10 pontos para cada um dos seguintes equipamentos de série: ar-condicionado, assistente de rampa, controle de estabilidade, faróis de neblina, modo de condução, piloto automático, rodas de liga leve, sensor estacionamento ou câmera de ré, paddles shifts (ou contagiros, se for carro manual) e coluna de direção com ajuste profundidade. Ambos os modelos são carros de entrada e oferecem poucos equipamentos de série, de modo que dos itens exigidos o Fiat Mobi Like supera o Renault Kwid somente devido à presença de conta-giros. Ambos têm ar-condicionado.

  • Fiat Mobi – 20 pontos
  • Renault Kwid – 10 pontos
O porta-malas do Kwid é 75 litros maior que o do Mobi.
O porta-malas do Kwid é 75 litros maior que o do Mobi.
Foto: Divulgação

Usabilidade

Com a proposta de facilitar o dia-a-dia nas cidades, ambos os modelos têm projeto bastante versátil e se destacam no quesito usabilidade. As dimensões compactas do Fiat Mobi e do Renault Kwid facilitam as manobras urbanas, mas acabam prejudicando outros fatores que interferem na praticidade, como é o caso do volume reduzido do porta-malas e da ausência de alguns equipamentos não disponíveis nesta categoria, como freio de estacionamento eletrônico e banco do motorista com ajustes elétricos. No segmento de hatches são considerados os seguintes princípios na atribuição de notas: volume do porta-malas (400 litros no mínimo), largura até 1,85 metro, abertura interna do porta-malas, suspensão independente nas quatro rodas, emissão de CO2 até 90 g/km, Auto Hold, banco do motorista com ajuste elétrico, luzes DRL, luz traseira de neblina e pneus verdes. O Renault Kwid Zen também supera o Fiat Mobi Like em usabilidade, uma vez que possui abertura interna da tampa do bagageiro e taxa de emissão de CO2 de 86 g/km, apesar de não ter os pneus verdes do subcompacto italiano. Ambos têm medidas de largura inferior a 1,85 m, sendo bastante práticos para estacionar em qualquer tipo de vaga, mas o Kwid se destaca pela capacidade de 290 litros no porta-malas (no Mobi são 215 litros) e pelo ótimo vão livre de 18 cm em relação ao solo (no Mobi são 15,7 cm), superando até alguns modelos de segmento superior.

  • Fiat Mobi – 30 pontos
  • Renault Kwid – 20 pontos

Veredicto

Com 70.935 unidades emplacadas até outubro, o Renault Kwid está entre os cinco veículos mais vendidos do Brasil, com maior participação de mercado em relação ao Fiat Mobi, que, mesmo sendo de uma marca mais consistente no país, registrou 45.441 exemplares vendido. A diferença é de 25.494 carros a favor do Kwid, o que significa um mercado de usados mais atraente. Analisando os critérios de avaliação do GUIA DO CARRO dá para entender a razão dessas estatísticas, uma vez que o subcompacto da montadora francesa, além de ser mais seguro, tem projeto mais moderno, lista de equipamentos de série mais atraente, preço mais competitivo e menor consumo de combustível. No total, o Kwid Zen atingiu 280 pontos (40%), enquanto que o Mobi Like somou apenas 200 (28,6%).

COMPARATIVO GUIA DO CARRO / TERRA
Item

Mobi

Like

Nota

Kwid

Zen

Nota
Desempenho 20 E 30 D
Consumo 80 B 100 A
Segurança 20 E 60 C
Conectividade 0 - 30 D
Conforto 30 D 30 D
Pacote de Série 20 E 10 E
Usabilidade 30 D 20 E
Total de Pontos 200 28,6% 280 40,0%

Os números do Fiat Mobi Like 1.0 

  • Ano: 2020
  • Preço: R$ 41.990
  • Potência máxima: 75 cv a 6.250 rpm (e)
  • Torque máximo: 97 Nm a 3.850 rpm (e)
  • Câmbio: 5 marchas MT
  • Comprimento: 3,566 m
  • Largura: 1,633 m 
  • Altura: 1,502 m  
  • Entre-eixos: 2,305 m 
  • Vão livre: 157 mm
  • Peso: 933 kg
  • Pneus: 175/65 R14 
  • Porta-malas: 215 litros
  • Tanque: 47 litros
  • 0-100 km/h: 13s8
  • Vel.  máxima: 154 km/h
  • Consumo cidade: 12,7 km/l (g) 
  • Consumo estrada: 14,3 km/l (g) 
  • Emissão de CO2: 99 g/km 

Os números do Renault Kwid

  • Ano: 2020
  • Preço: R$ 40.390
  • Motor: 1.0 flex
  • Potência máxima: 70 cv a 5.500 rpm (g/e)
  • Torque máximo: 96 Nm a 4.250 rpm (g/e)
  • Câmbio: 5 marchas MT
  • Comprimento: 3,680 m 
  • Largura: 1,579 m 
  • Altura:  1,474 m
  • Entre-eixos: 2,423 m
  • Vão livre: 180 mm
  • Peso: 779 kg
  • Pneus: 165/70 R14
  • Porta-malas: 290 litros
  • Tanque: 38 litros
  • 0-100 km/h: 14s7
  • Velocidade máxima: 156 km/h
  • Consumo cidade: 14,9 km/l (g)
  • Consumo estrada: 15,6 km/l (g)
  • Emissão de CO2: 86 g/km
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade