PUBLICIDADE

Vítimas fatais da tragédia estavam em lancha chamada 'Jesus'

Quatro barcos foram atingidos direta ou indiretamente pela tragédia em Capitólio-MG, que deixou mais de 30 feridos

9 jan 2022 10h26
| atualizado às 15h04
ver comentários
Publicidade

A ironia do destino se fez presente na tragédia após queda de um paredão de cânion no lago de Furnas em Capitólio-MG, neste sábado. As dez vítimas fatais confirmadas pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais estavam em uma lancha chamada "Jesus".

Duas lanchas são atingidas pelo caimento da rocha uma delas chamava Jesus Reprodução/Redes Sociais
Duas lanchas são atingidas pelo caimento da rocha uma delas chamava Jesus Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução / Redes Sociais

“As vítimas estavam na lancha de nome Jesus, que foi uma das quatro lanchas impactadas pelo desprendimento da rocha”, disse o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

“Nas outras três lanchas, todas as vítimas já foram resgatadas e conduzidas para unidades hospitalares da região. A maior parte dessas vítimas já recebeu alta, e o Corpo de Bombeiros permanece no local até que todas as vítimas possam ser resgatadas”.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e demais equipes de resgate retomaram às 5h deste domingo, 9, as buscas por desaparecidos do acidente.

O deslizamento de uma grande de rocha de um dos cânions do Lago de Furnas atingiu quatro embarcações de turistas por volta 12h30 de sábado, 8.

De acordo com os bombeiros, 32 pessoas foram atendidas pelas equipes, sendo 27 já liberadas.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade