Com pandemia,as vendas no e-commerce tiveram efeito positivo

1 set 2020
19h58
atualizado em 2/9/2020 às 09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com o isolamento social vindo da pandemia do Covid-19, milhares de pessoas passaram a fazer compras pela internet. A pandemia teve um efeito positivo para o setor do e-commerce, já que pessoas que estavam acostumadas a fazer compras exclusivamente em lojas físicas, adquiriram o hábito de comprar online.

Foto: Ecommerce Brasil

Em meio a tudo isso, muitas lojas que não vendiam online, se viram pressionadas a acelerar a transformação digital, já que o único meio para vender seus produtos estava nas plataformas digitais. Segundo a ABComm – Associação Brasileira de Comercio Eletrônico – mais de 135mil lojas incorporaram ao e-commerce para continuar vendendo nos meses de lockdown.

Com a entrada de mais lojas e o aumento da demanda, só em abril o e-commerce brasileiro teve um aumento no faturamento de 9,4bi (81% maior) em relação ao mesmo período do ano passado, revela a Compre&Confie. De acordo com a companhia, foram realizadas mais de 24 milhões de compras online, 98% a mais se comparado a 2019. As categorias que mais cresceram até abril de 2019 foram: alimentos e bebidas, instrumentos musicais, brinquedos, eletrônicos e cama, mesa e banho.

Como visto acima, a alta demanda do e-commerce trouxe novos usuários para o setor. Porém não só compradores reais foram atraídos, usuários não desejados também se beneficiaram desse crescimento: os cibercriminosos. Eles aproveitam que novos usuários irão desfrutar desse novo estilo de “ir às compras” para criar sites falsos e induzi-los à compra para roubar dados de cartões de crédito.

Para não cair nessa prática já bem conhecida, a dica é ter sempre um antivírus instalado nos seus dispositivos, como o Terra Antivírus que irá proteger suas informações, enviando um alerta sempre que você receber um link duvidoso ou abrir um site suspeito. Proteger sua família é o mais importante quando falamos em segurança digital.

Fonte: Ecommerce Brasil

 

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Fonte: McAfee Network Associates Inc. © Copyright 2020.  Todos os Direitos Reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade