0

Facebook compra empresa perita em reconhecimento de voz

Acordo acontece num momento em que empresas de tecnologia estão correndo para levar conectatividade da Internet a uma nova safra de dispositivos inteligentes, de relógios a lavadoras

5 jan 2015
21h11
atualizado às 21h28
  • separator
  • 0
  • comentários

O Facebook comprou uma companhia que produz tecnologia de reconhecimento de voz, em mais um sinal da ambição de estender o alcance para além de computadores e celulares inteligentes.

<p>Companhia afirmou que comprou a wit.ai, mas n&atilde;o informou pre&ccedil;o da transa&ccedil;&atilde;o</p>
Companhia afirmou que comprou a wit.ai, mas não informou preço da transação
Foto: Web

A companhia afirmou que comprou a wit.ai, mas não informou preço da transação. A empresa fundada há 18 meses, baseada na Califórnia, produz software que pode entender palavras faladas.

Um representante do Facebook não quis dar detalhes sobre como o Facebook planeja usar a tecnologia ou com que grupo dentro da companhia a equipe da wit.ai vai trabalhar.

O acordo acontece num momento em que empresas de tecnologia estão correndo para levar conectatividade da Internet a uma nova safra de dispositivos inteligentes, de relógios a lavadoras. O reconhecimento de voz é considerado uma peça importante para que os novos dispositivos tenham popularidade ampliada.

O Facebook, que tem 1,3 bilhão de usuários, está cada vez mais atento ao universo além dos PCs, tablets e celulares inteligentes. Em março, a empresa comprou a fabricante de óculos de realidade virtual Oculus VR por 2 bilhões de dólares.

O acordo com a wit.ai provavelmente tem valor bem menor. A wit.ai anunciou em outubro que levantou 3 milhões de dólares em uma rodada de financiamento liderada pela companhia de investimentos de risco Andreessen Horowitz.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade