1 evento ao vivo

Facebook anuncia resultado de programa para incentivar comunidades

A rede social vai investir até US$ 10 milhões em projetos de comunidades; mais de 100 líderes de comunidades foram selecionados, sendo que nove são brasileiros

24 set 2018
12h11
  • separator
  • comentários

O Facebook divulgou neste domingo, 23, o resultado final para o seu programa que vai investir até US$ 10 milhões em projetos de pessoas que conseguiram criar e liderar grupos de sucesso dentro da rede social. Mais de 100 líderes foram selecionados - nove deles são brasileiros. Chamada de Programa de Líderes de Comunidades do Facebook, a iniciativa foi lançada em fevereiro deste ano e faz parte de uma estratégia da empresa de estimular interações positivas entre usuários.

Uma das selecionadas foi a brasileira Paula Pfeifer, que criou a comunidade Crônicas da Surdez. que tem mais de 36 mil seguidores na página e 9 mil participantes no grupo do Facebook. Ela tem deficiência auditiva e criou uma página para estimular o contato entre pessoas com a mesma condição - hoje, o espaço tem mais de 36 mil seguidores. O sucesso deu origem a um grupo, hoje com 9 mil participantes. Paula receberá até US$ 1 milhão para financiar a sua comunidade e desenvolver seus projetos.

"Para selecionar os líderes consideramos o engajamento das comunidades, não o tamanho delas", explica Deepti Doshi, executiva que lidera o time global de parcerias com comunidades no Facebook, em entrevista ao Estado. "Consideramos também o potencial de crescimento das comunidades, assim como a viabilidade das propostas sugeridas".

Além da ajuda financeira, os líderes receberão mentoria e treinamento feitos pelo Facebook. "Os projetos têm a própria visão dos líderes, e nossa expectativa é que os treinamentos e os investimentos contribuam para eles ganharem vida", afirma Doshi. "Acreditamos que comunidades não são apenas conexões digitais, elas funcionam para estabelecer conexões reais também".

No Brasil, as comunidades selecionadas para o programa foram: Mulheres que Decidem, Força Meninas, Techstarts Startup Weekends, Associação de Câncer de Boca e Garganta, Politiquê?, Politize!, Mommys do Face, e Maternativa. Na América Latina, foram selecionados 22 líderes.

*é estagiária, sob supervisão do editor Bruno Capelas

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade