5 eventos ao vivo

Com boicote a Facebook, Mark Zuckerberg perde US$ 7,5 bilhões

Presidente executivo viu ações de sua empresa caírem 8% desde quinta-feira; marcas como Unilever, Starbucks e Coca-Cola decidiram retirar anúncios da rede social

29 jun 2020
12h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, viu sua fortuna diminuir em US$ 7,5 bilhões nos últimos dias, depois que uma série de empresas decidiu parar de fazer anúncios na rede social.

Puxada por nomes como Unilever e Coca-Cola, a campanha Stop Hate for Profit decidiu suspender as campanhas na empresa para que ela tome atitudes adequadas contra o discurso de ódio na internet - e fez as ações da empresa caírem quase 9% desde a quinta-feira, quando as campanha teve início.

Desde então, o valor de mercado do Facebook já caiu em torno de US$ 60 bilhões, considerando a desvalorização de 0,2% na manhã desta segunda-feira, 29, às 11h58 (horário de Brasília), que a empresa enfrenta na bolsa de valores Nasdaq.

A desvalorização também fez a fortuna de Zuckerberg cair e o tirou do pódio dos homens mais ricos do mundo - ele agora está atrás de Jeff Bezos, da Amazon, Bill Gates, da Microsoft e do francês Bernard Arnault, do grupo LVMH Moet Hennessy. Ainda assim, sua fortuna segue sendo uma das maiores do mundo: em quarto lugar no ranking da revista Forbes, ele tem hoje cerca de US$ 80 bilhões à disposição.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade