PUBLICIDADE

Onda de calor: inverno terminará com temperaturas de até 43ºC no Brasil

As frentes frias comuns para o período serão impedidas de chegar por conta de um bloqueio atmosférico

18 set 2023 - 14h05
Compartilhar
Exibir comentários

O inverno vivenciado por algumas regiões brasileiras chegará ao fim com uma intensa onda de calor. Algumas cidades devem voltar a registrar recordes de temperatura. As frentes frias, comuns para o período, não chegarão por conta de um bloqueio atmosférico.

(
(
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil / Perfil Brasil

As máximas esperadas devem ultrapassar os 40ºC em muitos locais, podendo chegar até 43ºC.

A expectativa de dias ensolarados e de calor persistente vale para regiões como o interior de Santa Catarina, o estado do Paraná, grande parte da Região Sudeste, o Centro-Oeste, o interior do Nordeste e em estados como Rondônia e Tocantins.

Apesar de o calor ser mais intenso no Sul do país, as temperaturas também devem subir consideravelmente no Sudeste e no Centro-Oeste. A exceção será o Rio Grande do Sul, que deve receber mais chuvas nos próximos dias.

O ápice da onda de calor deve acontecer no próximo fim de semana, entre os dias 23 e 24 de setembro, segundo informações do portal Climatempo. Este período marca a transição do inverno para a primavera, que começa de fato no sábado (23). Entre as capitais, as maiores temperaturas devem ocorrer em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Regiões

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ao longo da semana, o Sul terá acumulados de chuva significativos, inferiores a 50 mm, em áreas entre o centro e o leste do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nas demais áreas, podem ocorrer baixos acumulados, menores que 15 mm.

No Sudeste e no Centro-Oeste, o tempo deve estar quente e seco em praticamente toda a semana.

Já no Nordeste, o Inmet prevê variação de nebulosidade e chuvas passageiras em toda a faixa litorânea, mas, principalmente, no litoral pernambucano e paraibano. Nas demais áreas, a previsão é de tempo quente e com baixa umidade.

O Norte deve ter acumulados de chuva maiores que 70 mm em Roraima e no oeste do Amazonas. A previsão é de pouca precipitação no Acre, Rondônia e em áreas centrais de Roraima. Nas demais áreas, não há previsão de chuva.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade