4 eventos ao vivo

Promotores libaneses pretendem interrogar esposa de Ghosn

10 jan 2020
14h38
  • separator
  • 0
  • comentários

A esposa do ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn, Carole, será interrogada por promotores libaneses quando as autoridades receberem uma notificação da Interpol, disse o ministro da Justiça interino do Líbano, Albert Serhan, em comunicado nesta sexta-feira.

Carole Ghosn, mulher de Carlos Ghosn, durante entrevista coletiva do ex-presidente da Nissan em Beirute
08/01/2020
REUTERS/Mohamed Azakir
Carole Ghosn, mulher de Carlos Ghosn, durante entrevista coletiva do ex-presidente da Nissan em Beirute 08/01/2020 REUTERS/Mohamed Azakir
Foto: Reuters

"Carole estará sujeita aos mesmos procedimentos que foram feitos (com Ghosn) quando o alerta vermelho for recebido da Interpol", disse o comunicado.

O ministro disse ainda que a proibição de viagens imposta a Ghosn será revogada em 40 dias se arquivos sobre o caso envolvendo o ex-executivo não forem enviados pelo Japão neste período.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade