0

Polícia diz que ataque com faca no sul da Inglaterra foi ato terrorista

Um homem foi preso por ataque que deixou três pessoas mortas na noite deste sábado (20).

21 jun 2020
10h30
atualizado às 10h44
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Um cordão policial isolou o local do ataque
Um cordão policial isolou o local do ataque
Foto: PA Media / BBC News Brasil

A polícia britânica declarou que o ataque a facadas que aconteceu na noite deste sábado (20) no sul da Inglaterra foi um ato terrorista.

Três pessoas morreram e outras três ficaram feridas em um ataque a facadas em um parque na cidade de Reading (a 80 km de Londres), por volta das 19h do horário local.

Um homem foi preso, e a polícia diz acreditar que ninguém mais estava envolvido com o ataque.

Horas antes, um protesto pelo Black Lives Matter (vidas negras importam) acontecia na cidade.

Um homem colocando um tributo com flores em Reading, sul da Inglaterra
Um homem colocando um tributo com flores em Reading, sul da Inglaterra
Foto: Reuters / BBC News Brasil

O homem preso pela polícia sob suspeita de ter esfaqueado pessoas no parque é um líbio de 25 anos chamado Khairi Saadallah.

Segundo uma testemunha, o autor dos ataques carregava uma faca de mais de 10 cm. "Ele estava se movendo ao redor de um círculo de pessoas. Eu vi uma faca grande e comecei a gritar 'corram!', diz Lawrence Wort.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, declarou estar "chocado e enojado" pelos ataques.

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade