PUBLICIDADE

Ofensiva de Israel mata mais de 700 palestinos em Gaza

Em comunicado, o governo brasileiro voltou a pedir um cessar-fogo entre o grupo Hamas e o exército israelense

23 jul 2014 21h21
| atualizado às 21h22
ver comentários
Publicidade
<p>Uma unidade móvel de artilharia israelense dispara em direção à Faixa de Gaza, em 21 de julho</p>
Uma unidade móvel de artilharia israelense dispara em direção à Faixa de Gaza, em 21 de julho
Foto: Nir Elias / Reuters

A ofensiva de Israel contra a Faixa de Gaza matou 66 palestinos nesta quarta-feira, elevando a mais de 700 o número de óbitos no território - a maioria civis - em 16 dias de ataques, informaram os serviços locais de segurança.

O conflito, iniciado no dia 8 de julho, também matou 35 israelenses, sendo 32 militares em combates e três civis vítimas de um foguete disparado da Faixa de Gaza.

A informação sobre o número de óbitos é difícil de se verificar diante do caos que domina a Faixa de Gaza, da impossibilidade de se evacuar as vítimas e da falta de coordenação entre os serviços de socorro, enquanto os corpos continuam sendo retirados dos escombros das casas bombardeadas.

Segundo a ONU, os civis são a maioria das vítimas na Faixa de Gaza.

A posição do Brasil
O governo brasileiro condenou nesta quarta-feira a ofensiva de Israel em Gaza, reiterou sua chamada a um cessar-fogo e chamou para consultas o embaixador do país em Tel Aviv.

O Ministério das Relações Exteriores, em comunicado, considerou "inaceitável a escalada de violência entre Israel e Palestina" e condenou "energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza".

Este foi o segundo comunicado oficial do governo sobre o conflito desde que Israel lançou há duas semanas uma ofensiva contra om Hamas em Gaza.

Com informações da AFP e EFE.

Faixa de Gaza: entenda o conflito Faixa de Gaza: entenda o conflito
Conheça um pouco mais sobre a região, que tem um quarto do tamanho do município de São Paulo, mas uma enorme importância para a história do Oriente Médio

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade