0

Iêmen: operação militar mata 37 supostos membros da Al-Qaeda

4 mai 2014
09h50
atualizado às 10h04
  • separator
  • 0
  • comentários

O Iêmen informou neste domingo que 37 militantes da Al-Qaeda foram mortos em fortes embates entre o exército e militantes na província sulista de Shabwa.

A agência de notícias estatal Saba citou fonte militar ao afirmar que a maioria dos mortos no combate neste domingo eram sauditas, afegãos, somalis, chechenos e outras nacionalidades. A fonte também afirmou que o exército destruiu uma série de veículos e armas que pertenciam aos militantes.

Além dos mortos, dezenas ficaram feridos em no ataque cometido neste domingo pelo Exército no sul do Iêmen, anunciou o Ministério da Defesa. A operação foi realizada no sexto dia de uma ofensiva destinada a expulsar os integrantes da Al-Qaeda de seus redutos.

A localidade de Maifaa, na província de Chabwa, é o principal cenário dos confrontos. Nessa região, cinco insurgentes já tinham sido mortos na sexta-feira, indicou o site oficial do ministério em uma mensagem de texto enviada aos jornalistas.

Desde terça, 67 supostos integrantes da Al-Qaeda, incluindo brasileiros - segundo a Presidência -, e 24 soldados morreram nas operações, de acordo com um registro da AFP com base em declarações de fontes oficiais iemenitas.

A operação deste domingo foi antecedida pelo anúncio do envio de reforços do Exército à província de Chabwa para "combater a Al-Qaeda", indicou a agência de notícias oficial iemenita Saba.

Com informações da Reuters e AFP.

Foto: Arte Terra

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade