4 eventos ao vivo

EUA vêem "indícios" de novo uso de armas químicas na Síria

21 abr 2014
19h10
atualizado às 19h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Parlamento se reuniu nesta segunda-feira para decidir data de eleições na Síria: 3 de junho; oposição rejeita ideia
Parlamento se reuniu nesta segunda-feira para decidir data de eleições na Síria: 3 de junho; oposição rejeita ideia
Foto: Reuters

Os Estados Unidos informaram nesta segunda-feira o provável emprego de armas químicas na Síria em abril, supostamente por parte do regime de Damasco.

"Temos indicações do uso de uma substância tóxica químico-industrial, provavelmente cloro, na Síria este mês, contra o povoado de Kafr Zita, controlado pela oposição", disse Jay Carney, porta-voz da Casa Branca.

"Estamos analisando as alegações de que o governo é o responsável". No domingo, o governo do presidente francês, Francois Hollande, anunciou ter informações - sem provas - de que o regime sírio continua usando armas químicas contra a oposição armada.

Um relatório das Nações Unidas publicado em dezembro concluiu que na Síria houve uso de armas químicas em, ao menos, cinco ocasiões durante o conflito, mas o documento não aponta responsáveis.

Veja também:

Em mensagem, embaixador Arman Akopian lembra 29 anos da independência da Armênia
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade