PUBLICIDADE

Mundo

Itália apela a Israel para cessar hostilidades na Faixa de Gaza

Presidente Sergio Mattarella enviou mensagem para seu homólogo

14 mai 2024 - 07h57
(atualizado às 08h27)
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente da Itália, Sergio Mattarella, apelou nesta terça-feira (14) por um cessar-fogo na Faixa de Gaza, em uma mensagem ao seu homólogo israelense, Isaac Herzog, por ocasião do "Dia da Independência" em Israel (" Yom Ha'atzmaut, em hebraico").

    O chefe de Estado italiano disse que "uma cessação imediata das hostilidades na Faixa de Gaza" é "indispensável".

    "Esperamos que o ciclo de violência possa ser quebrado o mais rapidamente possível, que as tensões possam ser reduzidas - incluindo a nível regional - e que o caminho possa ser aberto para um diálogo que conduza a uma solução de dois Estados que seja justa e necessária, sustentável e em conformidade com o direito internacional", declarou Mattarella.

    Segundo o presidente da Itália, esta é "uma solução que é do interesse de todos e com a qual todos devemos nos comprometer".

    Em sua mensagem, Mattarella também enfatizou o reconhecimento inabalável da Itália do direito de existência de Israel.

    "Neste dia de orgulho justificado para o povo israelense, assistimos com grande preocupação aos dramáticos desenvolvimentos na região, cada vez mais marcados pela violência e pela tensão", destacou.

    "Neste contexto, desejo reiterar o compromisso da Itália em garantir que Israel possa exercer o seu direito inalienável de existir em paz e segurança", acrescentou.

    Por fim, ele renovou "a firme condenação do atroz ataque terrorista de 7 de outubro de 2023" e enfatizou que "a esperança permanece viva entre todos os italianos de que os reféns que ainda estão nas mãos dos terroristas do Hamas possam ser devolvidos o mais rapidamente possível à liberdade e ao afeto dos seus entes queridos".

    Ataque - Paralelamente, a agência de notícias palestina Wafa anunciou que pelo menos 14 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um ataque aéreo de Israel que atingiu um edifício residencial no campo de refugiados de Nuseirat, no centro da Faixa de Gaza, na noite passada.

    Fontes médicas locais, citadas pela Wafa, explicam que entre as vítimas também há várias crianças. A casa afetada é um edifício de três andares pertencente à família Karaja, especifica a agência.

    Também foram relatados ataques nas últimas horas a oeste da cidade de Gaza e em Beit Lahia, no noroeste da Faixa. O campo de refugiados de Jabalia, no norte do enclave palestino, também foi atingido.

    Até o momento, o número de mortos desde 7 de outubro na Faixa de Gaza é de pelo menos 35.091, enquanto ao menos 78.827 pessoas ficaram feridas, segundo o Ministério da Saúde local, liderado pelo grupo fundamentalista islâmico Hamas. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade