PUBLICIDADE

Mundo

Grupo usa retrato do Rei Charles em protesto por direitos dos animais

11 jun 2024 - 12h24
Compartilhar
Exibir comentários

Ativistas dos direitos dos animais usaram nesta terça-feira o primeiro retrato oficial do rei Charles da Grã-Bretanha, desde que ele se tornou monarca, para se manifestar a favor do bem-estar nas fazendas inglesas. Eles colaram no rosto de Charles, na foto, uma grande imagem do conhecido personagem animado "Wallace".

Imagens do grupo Animal Rising mostraram dois de seus apoiadores se aproximando do retrato na galeria Philip Mold, em Londres, e sobrepondo o rosto do rei com uma grande imagem do desenho animado de Wallace, da franquia de comédia "Wallace e Gromit".

Eles também colaram um grande balão de fala, dizendo: "Sem queijo, Gromit. Veja toda essa crueldade nas fazendas da RSPCA!".

O objetivo das ações dos apoiadores, disse a Animal Rising, era destacar a crueldade nas fazendas que receberam o status "Assured" (garantido), um selo de padrões mais elevados de bem-estar, pela instituição de caridade animal RSPCA, da qual Charles é o patrono.

A RSPCA respondeu.

"Estamos chocados com este vandalismo do retrato de Sua Majestade o Rei, nosso Patrono. Acolhemos com satisfação o escrutínio do nosso trabalho, mas não podemos tolerar qualquer tipo de atividade ilegal", disse um porta-voz da RSPCA, acrescentando que a instituição aceita quaisquer alegações sobre seu certificado Assured.

Este é o mais recente ataque de ativistas contra obras de arte na Grã-Bretanha. No mês passado, manifestantes climáticos tentaram destruir a caixa que continha um texto original da Carta Magna na Biblioteca Britânica. Em outubro, manifestantes jogaram sopa sobre a pintura "Girassóis", de Vincent van Gogh, na Galeria Nacional de Londres.

Daniel Juniper, um dos dois ativistas envolvidos, disse em comunicado no site do grupo: "Como o rei Charles é um grande fã de Wallace e Gromit, não poderíamos pensar em uma maneira melhor de chamar sua atenção para as cenas horríveis em fazendas asseguradas pela RSPCA".

Ele disse esperar que Charles "reconsiderasse seriamente se deseja ser associado ao terrível sofrimento nas fazendas endossadas pela RSPCA".

O Palácio de Buckingham disse que não tinha comentários. A Animal Rising afirmou que seus pôsteres seriam facilmente removíveis sem causar danos à pintura.

O retrato de Charles, do artista Jonathan Yeo, teve uma recepção mista após sua inauguração no mês passado, com alguns criticando sua vibrante cor vermelha.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade