3 eventos ao vivo

Ex-amante de rei emérito da Espanha diz que espião da corte a ameaçou

15 jan 2021
18h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma antiga amiga e amante do rei emérito espanhol Juan Carlos afirmou em depoimento sob juramento na sexta-feira que o chefe do serviço de inteligência a ameaçou enquanto ele tentava recuperar documentos financeiros envolvendo a família real em 2012.

Rei emérito da Espanha Juan Carlos 
04/05/2019
REUTERS/Francois Lenoir/
Rei emérito da Espanha Juan Carlos 04/05/2019 REUTERS/Francois Lenoir/
Foto: Reuters

A cidadã dinamarquesa Corinna zu Sayn-Wittgenstein disse a um tribunal de Madri por meio de um link de vídeo de Londres que teve um "relacionamento amoroso" com Juan Carlos - que abdicou em 2014 e deixou a Espanha em agosto passado sob uma nuvem de escândalo - e recebeu informações financeiras não especificadas e documentos dele.

A empresária testemunhou em um julgamento por calúnia impetrado pelo ex-chefe do Centro Nacional de Inteligência (CNI), general Félix Sanz Roldán, contra o ex-comissário de polícia José Manuel Villarejo, que está no centro de vários escândalos de espionagem econômica e política na Espanha.

Villarejo, que está na prisão aguardando julgamento em um outro caso, afirmou em um programa de TV em 2017 que Sanz Roldán havia ameaçado a vida de Corinna e de sua família.

Sanz Roldán classificou as acusações de "mentirosas".

Veja também:

O menino cego de 9 anos que dá aula em escola destruída pela guerra no Iêmen
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade