PUBLICIDADE

EUA visam fornecimento de petróleo venezuelano a Cuba em novas sanções

5 abr 2019 19h48
ver comentários
Publicidade

Os Estados Unidos visaram nesta sexta-feira os carregamentos de petróleo da Venezuela para Cuba em sua mais recente rodada de sanções para pressionar o governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, tentando interromper o fornecimento crucial para a ilha comunista.

Trabalhador coleta amostra de óleo bruto em um poço de petróleo operado pela petrolífera estatal venezuelana PDVSA em Morichal, Venezuela. 28/07/2011. REUTERS/Carlos Garcia Rawlins
Trabalhador coleta amostra de óleo bruto em um poço de petróleo operado pela petrolífera estatal venezuelana PDVSA em Morichal, Venezuela. 28/07/2011. REUTERS/Carlos Garcia Rawlins
Foto: Reuters

O Tesouro dos EUA impôs sanções contra 34 navios pertencentes ou operados pela petroleira estatal venezuelana PDVSA e contra duas companhias e uma embarcação que entregaram petróleo a Cuba em fevereiro e março.

"O Tesouro está tomando ações contra embarcações e entidades transportando petróleo, que fornecem um colete salva-vidas para manter o ilegítimo regime Maduro flutuando", disse o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, em comunicado.

"Cuba continua a lucrar com, e a apoiar, o ilegítimo regime Maduro através de esquemas de petróleo por repressão à medida que tenta manter Maduro no poder."

A mais recente rodada de sanções dos Estados Unidos, anunciada mais cedo pelo vice-presidente, Mike Pence, durante discurso em Houston visa enfraquecer ainda mais o governo Maduro, depois que os EUA e a maior parte dos países do Ocidente reconheceram o líder da oposição Juan Guaidó como o presidente legítimo da Venezuela.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade